Banner OSRAM


Técnicas - Melsi Maran - melsimaran@ig.com.br

Desvendando a Tecnologia Adaptative Cruise Control (ACC) e Front Assist nos veículos VW

Conheça em detalhes a estratégia de funcionamento do sistema de controle de cruzeiro adaptativo utilizado em alguns veículos Volkswagen, também conhecido como piloto automático autoadaptativo

O controle de cruzeiro adaptativo (ACC) regula a velocidade e a distância do veículo em relação ao trânsito à frente em um valor predeterminado pelo condutor. Em todas as situações, o condutor continua sendo o responsável pela condução, já que o sistema pode ser desligado e a intervenção pode ser interrompida a qualquer momento ao pressionar o freio ou o pedal do acelerador. 

A função Front Assist integrada no ACC contribui como um “copiloto atento” para evitar colisão com o veículo à frente, permanecendo alerta até mesmo quando o ACC é desligado.

A nova função “Frenagem de emergência na cidade” trabalha em velocidades inferiores a 30km/h, também em veículos estacionados. No caso de perigo, ele inicia uma manobra de freio, podendo evitar uma colisão iminente ou reduzir as consequências dos danos causados pela colisão.

FUNCIONAMENTO

Quando a estrada à frente está livre, o ACC moderadamente acelera o veículo até a velocidade programada.  Se um veículo viajando à frente na mesma faixa está se movendo mais devagar, o sistema aciona o freio para que o veículo à frente possa ser seguido confortavelmente dentro da distância segura de tráfego.

FUNÇÃO DE OTIMIZAÇÃO DE MUDANÇA DE FAIXA

Quando a seta é ativada, o sistema detecta uma intenção de ultrapassagem e melhora a característica dinâmica considerando as distâncias de segurança.

NA MUDANÇA DE FAIXA

Quando o ACC está ativo e o veículo se aproxima de um veículo viajando à frente, basta acionar a alavanca da seta para que o mesmo acelere até a velocidade determinada assim que virar para mudar de faixa. Dessa forma, o veículo pode ser ultrapassado confortavelmente. O ACC ajuda a manter a distância segura automaticamente. 


ACC PROGRAMADO PARA 80KM/H

1) Aproximando-se de um veículo mais lento e velocidade adaptada à do veículo objeto.


2) O condutor indica a direção e vira, o sistema acelera automaticamente para 80km/h.


VOLTANDO PARA A FAIXA

O condutor ativa a seta depois que o veículo tenha sido ultrapassado e a velocidade é mantida conforme programação ACC.

3) O condutor indica a direção.

4) O veículo volta para a faixa e segue com a velocidade programada do ACC    (80km/h).

FRONT ASSIST

O Front Assist auxilia como um “copiloto atento” em certas situações para evitar colisões com outros veículos no trânsito, mesmo com o ACC desligado. O novo Front Assist teve sua capacidade consideravelmente aumentada. Em outras palavras é um “copiloto atento com seu próprio pedal do freio“. Até mesmo antes que a situação alcance seu ponto crítico, medidas são tomadas para alertar o condutor. O objetivo do Front Assist é reduzir a distância de parada em situações críticas.

AÇÃO CONJUNTA DO ACC E FRONT ASSIST

As funções ACC e Front Assist são executadas por uma unidade de controle, apesar de serem independentes. O Front Assist trabalha independentemente do status do ACC. Ele também permanece ativo quando o condutor desliga o ACC. 

O fator decisivo para a prontidão funcional do Front Assist é o status do LED.

LED verde: Front Assist ligado e pronto para intervir. 

LED amarelo: Front Assist ligado, mas a função algumas vezes é debilitada. ex.: sensor bloqueado, freios superaquecidos, etc.

LED desligado: Front Assist desligado ou avariado.

VISÃO GERAL DAS FUNÇÕES PARCIAIS DO FRONT ASSIST

1. Condicionamento do veículo 
O condicionamento do veículo funciona em uma faixa de velocidade de 5km/h até 210km/h. O veículo é preparado para o condutor realizar uma parada de emergência: ocorre a aproximação das pastilhas dos discos de freio (Função Prefill), e a adaptação do limiar de ativação do servofreio hidráulico de emergência na sensibilidade máxima.

2. Alerta ao condutor
O alerta ao condutor é emitido numa faixa de velocidade de 30km/h até 210km/h. O condutor é alertado em dois estágios: 

- Aviso preliminar: Aviso sonoro e visual no mostrador de multifunção;

- Aviso principal: Puxão de aviso por meio dos freios.

3. Intervenção ativa dos freios
A intervenção ativa dos freios ocorre numa faixa de velocidade de 5km/h até 210km/h. Existem dois tipos de operação:

- Frenagem referenciada (intensificação da potência de frenagem realizada pelo condutor);

- Frenagem parcial automática nos casos em que o condutor não reage freando.

Na faixa de velocidade de 5km/h até 30km/h, a frenagem parcial automática também é chamada de função “Frenagem de emergência na cidade”.

FRENAGEM DE EMERGÊNCIA NA CIDADE

Esta função é ativada numa faixa de velocidade de 5km/h até 30km/h. A principal diferença comparada com a frenagem parcial de automática em velocidades acima de 30km/h é que a frenagem de emergência na cidade também reage a veículos parados. No momento de risco de colisão não existe nenhum puxão de aviso, nem o veículo é desacelerado. Se a colisão é inevitável, o veículo é desacelerado com 6.0m/s².

Visão geral do Front Assist e Frenagem de Emergência em Cidade
O gráfico a seguir mostra a sequência de ações se um risco de colisão é detectado e o condutor não mostra reação.

HBA = servofreio hidráulico de emergência;

ATB = Frenagem de emergência automática

Obs.: Se o condutor intervier ao frear todas as vezes que há um risco de colisão, o sistema o apoia intensificando a pressão do freio. Com isso o sistema tenta amenizar qualquer dano de acidente em potencial. 



SISTEMA DE DETECÇÃO DE CANSAÇO DO CONDUTOR

O cansaço do motorista é detectado ao monitorar o comportamento na direção. O sistema adota os seguintes critérios:

 - Alerta ao condutor quando a fadiga é detectada; o monitoramento da fadiga atua apenas em autoestradas em boas condições; somente funciona acima de 65 km/h; nenhum aviso em caso de microssono.

FUNCIONAMENTO

O sistema armazena um mapa de referência na unidade de controle Gateway baseada no comportamento ao volante durante os primeiros 15 minutos de direção. Uma comparação com a resposta da direção atual do condutor com este mapa de referência é efetuada.

Indicações no instrumento combinado (exemplo de versões alemãs)
A função analisa o comportamento do condutor enquanto estiver dirigindo o veículo e detecta a fadiga do motorista em certos padrões. A função não pode detectar a fadiga em todos os condutores, uma vez que nem todos demostram o mesmo comportamento na direção.


Se o comportamento cai em uma categoria de cansaço, o condutor é alertado por 5 segundos através de uma mensagem escrita e um gongo. Se o motorista não der uma pausa dentro dos próximos 15 minutos, a mensagem e o gongo serão repetidos. Nenhuma mensagem futura será dada, uma vez que ela foi repetida. Quando a ignição é desligada, o mapa de referência é reiniciado.

 

comentários
Avaliar:

Comentários