Oficina Brasil


Pesquisa “Marcas na Oficina” ganha novo formato

A tradicional pesquisa realizada pela CINAU desde 2006 muda significativamente sua metodologia, visando a oferecer um melhor entendimento do processo de formação de demanda das empresas no mercado de aftermarket, indo além da mensuração do “recall” das marcas e avançando sobre percepções de disponibilidade (canal) e qualidade dos produtos. Confira

Compartilhe
Por Equipe CINAU


Avaliação da Matéria

Faça a sua avaliação

"A única constante é a mudança” esta célebre citação de um dos mais antigos filósofos Gregos, Heráclito de Éfeso, foi a fonte de inspiração para a equipe da CINAU rever sua metodologia da consagrada pesquisa MARCAS NA OFICINA que há 16 anos é referência no mercado de reposição de autopeças.

Ao longo destes anos o trabalho tem sido considerado muito inovador, pois além de realizar um levantamento clássico de “Top of Mind” nossa pesquisa transcendeu ao levantamento de “brand awreness” das empresas ao acrescentar uma pergunta sobre qual a marca da peça que as oficinas mais compravam.

Este resultado refletia o que batizamos de “tendência da compra” (buy trend share) indicador mais próximo do que seria o “market share”. Ao longo dos anos a equipe da CINAU sempre deixou claro que a mensuração da tendência de compra apesar de mais próxima não refletia efetivamente o market share, um estudo que deve ser muito mais aprofundado e que realizamos para empresas interessadas neste levantamento. 

Nossa fórmula fez tanto sucesso que em 2017 uma outra empresa, sem o menor constrangimento, “clonou” nossa pesquisa sem considerar nosso investimento intelectual e em estudos profundos do comportamento de compra da oficina.  

Deixando de lado as imitações, nossa pesquisa MARCAS NA OFICINA, mesmo diante de tanto reconhecimento do mercado, mas inspirada pelo filósofo grego a equipe da CINAU decidiu abandonar a zona de conforto e se desafiar, para evoluir no foco da pesquisa e valor estratégico para as empresas que atuam no mercado de reposição.

Uma análise mais profunda

Neste novo formato a equipe da CINAU, além da força da marca, decidiu agregar outros elementos que identificamos fundamentais para entendermos melhor a formação de market share das marcas, por isso passamos a medir:

1º.  Confiança na marca;

2º. Disponibilidade da marca nos canais de abastecimento da oficina;

3º. Percepção de qualidade mediante mensuração do “retrabalho”. 

Explicando a lógica destes três fatores:

Quando estudamos com profundidade a admiração de um reparador sobre uma marca, além da lembrança (brand awareness) aderido a este fator aparece a “confiança”. 

Assim como a lembrança é um dado concreto a confiança também é totalmente objetiva, pois ela é fruto direto da experiência que o profissional tem com a aplicação das peças desta empresa.

De acordo com a lógica do reparador a confiança é decorrência direta da percepção de qualidade do produto ou em linguagem mais prática da oficina: para o reparador a marca/peça na qual ele confia é a que não dá retrabalho. 

Resumidamente: peças de marcas que não dão retrabalho ganham a confiança do reparador, já as peças das marcas que dão retrabalho ganham resistência do profissional.

Porém, o mercado oferece certos paradoxos, e a pesquisa neste novo formato mostrou que mesmo marcas com peças de baixa percepção de qualidade (alto índice de retrabalho) são compradas pelas oficinas. Por que isso acontece?

Por uma razão muito simples: disponibilidade. 

Muitas vezes o reparador é forçado a comprar a peça que ele não lembra/confia, simplesmente porque seu fornecedor não dispõe do produto.

Para capturar esta lógica do processo de decisão de compra e levarmos a nossa pesquisa MARCAS DA OFICINA a um novo patamar de informações incluímos na pesquisa deste ano a pergunta:

- No produto “X” qual a marca mais disponível no seu fornecedor?  em substituição a pergunta: produto “X” qual a marca que você mais compra?

Esta diferença apesar de sutil atinge de forma direta um dos grandes desafios das empresas e diz respeito ao verdadeiro labirinto que se tornou a supplay chain no aftermarket: escolher os parceiros comerciais mais focados nas oficinas, o que se traduz em disponibilidade, um dos principais atributos para ganho de market share.  

Antigamente uma empresa que detinha forte parceria com grandes distribuidores nacionais que por sua vez abasteciam as lojas (antiga “cascata”) e estas garantiam a disponibilidade de seus produtos na base geradora de demanda e principal shopper que são as oficinas.

Porém, este cenário mudou dramaticamente. Nos últimos anos com o surgimento dos atacarejos (locais/regionais/nacionais), grandes distribuidores nacionais vendendo direto para oficinas, redes de lojas, internet, importadores, “desmontes” (Lei Federal 12.977 de 20/05/2014), etc. 

Neste novo cenário se as marcas enfrentam um novo desafio de definir parceiros comerciais eficientes (força PUSH) para fazer seu produto chegar na oficina, por outro lado, as oficinas foram beneficiadas nesta nova configuração da supplay chain pela ampliação da gama de fornecedores, o que deu mais relevância foi a força da demanda (PULL). 

Foi por esta razão que a pesquisa MARCAS NA OFICINA mudou sutilmente a abordagem neste novo formato da pesquisa, voltando o foco para uma avaliação do desempenho dos canais escolhidos pelas marcas. 

Tal proposta fica evidente quando analisamos as tabelas deste ano e observamos resultados de marcas/produtos que tem mais lembrança/confiança, porém quando olhamos o resultado de “mais disponível no fornecedor” a situação muda completamente.

Esta situação é uma evidência objetiva, ou pelo menos um forte indício para que a empresa em questão avance em estudos mais profundos sobre a eficiência de sua rede comercial pois pode estar com problemas de canal, que reflete na sua baixa disponibilidade para a oficina e consequente perda de market share.  

Neste ponto, a equipe da CINAU, faz questão de reforçar que este estudo tem abrangência nacional e uma amostra robusta e significativa (veja mais detalhes no box com a ficha técnica da pesquisa), porém alertamos que este dado não é um diagnóstico cabal, mas certamente uma forte evidência para que busque uma análise mais profundo e regional. 

Sabemos que um estudo de eficiência de canal, para que alcance 100% de precisão, é necessário que seja realizado “por praças” e restrito à área de atuação logística dos players comerciais.

Do formato da antiga pesquisa o que permaneceu inalterado é o que chamamos de “Top Of Mind”,um clássico recall de marca, no qual o entrevistado responde de forma direta, independente do produto, qual a marca que ele mais lembra. Ou seja, que revela a força das marcas na cabeça dos reparadores de maneira ampla, pois não discrimina linhas de produtos. 

Qualidade, uma parte sensível 

Como já explicamos acima, a CINAU identificou que a percepção do reparador sobre a qualidade de uma peça/produto não tem nada de subjetiva e é decorrência direta de uma situação que provoca o pior pesadelo do profissional da mecânica: o retrabalho pela aplicação de uma peça defeituosa. 

Esta situação dramática para o reparador, pois gera grandes prejuízos, pode comprometer anos de investimento em branding. Infelizmente esta experiência tem se tornado mais comum nas oficinas brasileiras e decorrente dos seguintes fatores:

1º.  Esta primeira é óbvia e decorre da presença de produtos de baixa qualidade, e até falsificados;

2º. A estratégia adotada por alguns fabricantes no sentido de ampliar seus portifólios atendendo ao chamado “one stop shop” que tem oportunizado, em alguns casos, a inclusão de peças de má qualidade nas linhas complementares frutos de parcerias com outros fornecedores nacionais ou estrangeiros;

3º. Erros de aplicação por parte do reparador que acaba culpando o produto e não sua falta de conhecimento.Neste sentido, uma evidência objetiva percebida no mercado sobre o sensível tema “percepção de qualidade” pode ser observada pelo crescimento da preferência por peças genuínas das montadoras.  Nestes produtos, apesar de geralmente mais caros o reparador praticamente neutraliza o risco de retrabalho.

Um recurso dos fabricantes que poderia mitigar a frustração do reparador com uma peça defeituosa são os processos de garantia, mas que na maioria das vezes ainda costumam ser morosos e burocráticos, além de historicamente não cobrirem na maioria das ocorrências a mão-de-obra.

Tanto que é comum os fabricantes independentes oferecerem maiores prazos de garantia aos seus produtos do que as montadoras e mesmo assim em alguns itens críticos este argumento não tem efeito prático, além de garantias com bases comerciais e não técnicas.

Diante desta realidade a nova fórmula da pesquisa MARCAS NA OFICINA incluiu a seguinte pergunta aos entrevistados:

- Qual a marca do produto “X” que você teve mais problemas/retrabalho? O processamento das 2.864 respostas da pesquisa deste ano gerou um novo indicador que batizamos de “IR – Índice de Retrabalho” de grande valor para os fabricantes, pois consegue mensurar o “quantum”, por linha de produto, se sua marca está sofrendo desgaste em decorrência da percepção de má qualidade por parte do reparador.

Para vocês terem uma ideia numa mesma linha de produtos há fabricantes com um “IR” de 0,02 enquanto outros equivalentes a 3,00, isto equivale a dizer que o produto com índice IR igual a 3,00 tem apresentado 150 vezes mais chances de retrabalho. 

Por questões estratégicas, a equipe da CINAU decidiu não publicar estes resultados. Estes dados estão compilados mediante uma fórmula que correlaciona a disponibilidade com a frequência dos eventos relatados com “retrabalho”.A equipe da CINAU se mantém à disposição das empresas interessadas em conhecer este indicador, que poderão solicitar uma reunião pelo e-mail: cinau@cinau.com.br

Histórico

Aqueles que acompanham anualmente as mutações dos resultados da pesquisa MARCAS NA OFICINA devem estar sentindo falta da publicação das tabelas contendo os últimos três anos de medições.

Porém como mudamos as perguntas ainda que sutilmente, como explicamos acima, decidimos não nivelar os resultados, pois apesar de sutis as novas perguntas geram resultados levemente diferentes. 

Analisamos muito esta questão antes da publicação dos resultados deste ano e nossa percepção é que esta aparentemente mínima diferença de abordagem efetivamente produz um resultado diferente, por outro lado não conseguimos mensurar o “quantum”. Em todo o caso, o leitor pode experimentar a comparação dos dados atuais com os últimos três anos acessando a pesquisa publicada no ano passado pelo link https://bit.ly/3pOwiRu e assim tirar suas próprias conclusões.

Para quem trabalha com pesquisas fica claro que além da parte técnica ditada pela ciência da estatística realizar uma pesquisa é um grande exercício de comunicação.

De nada adianta realizar uma pesquisa aplicando uma fórmula estatística perfeita se houver qualquer ruído de comunicação no processo de coleta dos dados.

Para que a coleta dos dados, que irão alimentar a pesquisa, seja perfeita é fundamental que os seguintes quesitos sejam atendidos: público qualificado, não haver estímulo pecuniário, que o questionário traduza o “problema da pesquisa”, que o mesmo seja entendido perfeitamente pelo entrevistado para que este possa responder de forma fidedigna. 

Outro fato que alterou de forma sensível os resultados do presente estudo, principalmente na parte de levantamento de “disponibilidade”, pois vivemos um momento atípico de falta de peças, é que os dados foram colhidos nos meses de dezembro/21 e janeiro/22, quando o PULSO DO AFTERMARKET indicava altos índices de percepção de desabastecimento.  

DADOS TÉCNICOS DA PESQUISA

A pesquisa Marcas na Oficina é um estudo de mercado anual e autofinanciado realizado pela CINAU – Central de Inteligência Automotiva desde 2006. A edição 2021 foi realizado entre os dias 10 de dezembro de 2021 a 12 de janeiro de 2022.

A participação foi aberta a profissionais reparadores qualificados e constantes da base de relacionamento do Grupo Oficina Brasil, que corresponde a 71% das oficinas de linha leve e comercial leve existentes no País. 

Como a pesquisa abrange 56 linhas de produtos os questionários foram divididos em seis lotes. Ao todo recebemos 2.864 mil participações válidas, sendo 1.483 obtidas via formulário on-line e 1.381 mil via entrevista telefônica. 

A amostra é nacional e obedece a proporcionalidade de distribuição da frota circulante de veículos leves e comerciais leves. Para uma pesquisa considerando a população de 74 mil oficinas (último censo do setor) a amostra necessária é que 383 para que seja garantida uma margem de erro equivalente a 5% (para mais e para menos) e um intervalo de confiança de 95%.  Como a amostragem foi realizada “por lotes” como explicamos acima em todos os casos a quantidade mínima de entrevistas válidas por produto ficou acima de 400 entrevistas. 

Os reparadores entrevistados não receberam qualquer estímulo pecuniário sendo a participação 100% espontânea de profissionais qualificados e interessados em contribuir para este trabalho que em última análise traduz sua experiência com as marcas dos produtos que constituem o insumo básico para as atividades produtivas das oficinas ou seja, as autopeças, lubrificantes, ferramentas e etc. 

Com este mecanismo criamos um círculo virtuoso de geração de valor para o mercado de reposição como um todo, a partir de nosso relacionamento com milhares de oficinas no Brasil, que têm nesta pesquisa, uma oportunidade de passarem um recado para as marcas e agentes comerciais num processo de melhoria contínua visando à produtividade da cadeia.

TOP OF MIND 2022
BOSCH 14,31%
NGK 11,23%
PEÇAS GENUÍNAS 11,19%
NAKATA 4,89%
MONROE AXIOS 4,72%
TRW 4,55%
MARELLI COFAP 4,36%
MAHLE METAL LEVE 3,11%
SABÓ 2,98%
LUK 2,60%
FRAS-LE 2,44%
SKF 2,12%
HIPPER FREIOS 1,82%
TECFIL 1,47%
ZF 1,13%
* ADITIVOS QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * ADITIVOS QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
PARAFLU 29,35% PARAFLU 26,86%
TIRRENO 10,16% RADIEX 8,80%
BARDAHL 9,93% BARDAHL 8,58%
AC DELCO - GM 9,71% RADNAQ 7,67%
DELPHI 4,97% AC DELCO - GM 7,45%
RADIEX 4,51% DELPHI 5,42%
WURTH 3,84% TIRRENO 5,19%
KOUBE 3,16% ORBI 4,97%
VALEO 2,93% WURTH 3,16%
10º PEÇAS GENUÍNAS 2,71% 10º KOUBE 2,03%
* AMORTECEDORES QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * AMORTECEDORES QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
COFAP 53,55% COFAP 43,94%
MONROE 21,74% NAKATA 26,77%
NAKATA 11,21% MONROE 18,31%
KYB 7,55% KYB 3,20%
PEÇAS GENUÍNAS 1,83% CORVEN 2,29%
CORVEN 1,14% AC DELCO - GM 1,14%
* ANÉIS DE PISTÃO QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * ANÉIS DE PISTÃO QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
MAHLE METAL LEVE 74,79% MAHLE METAL LEVE 61,97%
KS 10,26% TAKAO 14,10%
PEÇAS GENUÍNAS 4,91% KS 10,47%
TAKAO 4,49% PEÇAS GENUÍNAS 4,27%
* BANDEJAS DE SUSPENSÃO QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * BANDEJAS DE SUSPENSÃO QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
COFAP 29,00% COFAP 27,80%
NAKATA 21,81% NAKATA 25,23%
AXIOS 21,58% GRAZZIMETAL 18,22%
GRAZZIMETAL 8,12% PERFECT 9,58%
PEÇAS GENUÍNAS 7,42% AXIOS 7,94%
TRW 4,41% TRW 3,74%
PERFECT 3,48% PEÇAS GENUÍNAS 2,34%
VIEMAR 2,55% VIEMAR 1,87%
* BARRAS DE DIREÇÃO QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * BARRAS DE DIREÇÃO QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
TRW 35,89% NAKATA 35,44%
NAKATA 30,02% VIEMAR 21,44%
VIEMAR 16,48% TRW 20,54%
PEÇAS GENUINAS 7,67% PERFECT 9,93%
DRIVEWAY 4,74% DRIVEWAY 7,00%
PERFECT 2,71% PEÇAS GENUINAS 3,39%
* BATENTES DE SUSPENSÃO QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * BATENTES DE SUSPENSÃO QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
AXIOS 58,08% AXIOS 34,53%
COFAP 16,97% COFAP 17,37%
NAKATA 9,58% SAMPEL 15,57%
SAMPEL 5,39% NAKATA 11,78%
PEÇAS GENUÍNAS 3,39% MOBENSANI 5,59%
MOBENSANI 1,60% JAHU 4,39%
PERFECT 1,40% BORFLEX - BFX 2,99%
* BATERIA QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * BATERIA QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
MOURA 52,51% MOURA 39,73%
HELIAR 25,57% HELIAR 16,67%
BOSCH 6,62% BOSCH 7,76%
AC DELCO - GM 3,20% CRAL 6,16%
CRAL 1,60% ZETTA 5,71%
PIONEIRO 1,60% TUDOR 3,42%
TUDOR 1,37% AC DELCO - GM 3,20%
REIFOR 1,14% PIONEIRO 2,97%
ELETRAN 0,91% ELETRAN 2,05%
ZETTA 0,91% KONDOR 2,05%
PEÇAS GENUÍNAS 0,68% 10º REIFOR 1,60%
LIDER 0,68%
10º DUREX 0,46%
KONDOR 0,46%
MAGNETI MARELLI 0,46%
* BIELETAS DE SUSPENSÃO QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * BIELETAS DE SUSPENSÃO QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
AXIOS 32,59% COFAP 30,63%
COFAP 23,40% NAKATA 29,79%
NAKATA 22,80% AXIOS 22,08%
TRW 14,50% TRW 5,63%
PEÇAS GENUÍNAS 3,10% PERFECT 3,13%
PERFECT 1,63% GRAZZIMETAL 2,29%
* BOBINAS DE IGNIÇÃO QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * BOBINAS DE IGNIÇÃO QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
BOSCH 58,24% BOSCH 33,63%
NGK 18,06% MAGNETI MARELLI 28,89%
MAGNETI MARELLI 11,29% NGK 15,58%
DELPHI 5,19% DELPHI 8,58%
PEÇAS GENUÍNAS 3,84% GAUSS 5,64%
VALEO 0,90% E-KLASS 1,81%
* BOMBAS D'ÁGUA QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * BOMBAS D'ÁGUA QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
URBA 31,83% URBA 27,34%
SCHADEK 21,62% INDISA 21,26%
INDISA 12,59% SCHADEK 18,46%
PEÇAS GENUÍNAS 9,03% NAKATA 9,81%
NAKATA 4,51% SKF 3,27%
SKF 4,04% COLUMBIA 3,04%
VETORE 2,61% DELPHI 2,80%
COLUMBIA 2,14% MAGNETI MARELLI 2,80%
INA 2,14% PEÇAS GENUÍNAS 1,87%
* BOMBA DE COMBUSTÍVEL QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * BOMBA DE COMBUSTÍVEL QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
BOSCH 69,82% BOSCH 48,10%
MAGNETI MARELLI 8,45% MAGNETI MARELLI 16,43%
BROSOL 3,82% GAUSS 7,21%
DELPHI 3,62% BROSOL 6,01%
GAUSS 2,21% DELPHI 5,81%
NAKATA 1,81% EURO 2,61%
PEÇAS GENUÍNAS 1,81%
* BOMBA DE ÓLEO QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * BOMBA DE ÓLEO QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
SCHADEK 54,93% SCHADEK 50,10%
PEÇAS GENUÍNAS 10,66% BROSOL 10,46%
BROSOL 7,85% NAKATA 7,65%
BOSCH 4,43% PEÇAS GENUÍNAS 5,23%
NAKATA 3,42% INDISA 3,82%
AUTOLINEA 3,02% AUTOLINEA 3,02%
INDISA 2,21% MARELLI 2,62%
* BRONZINAS QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? %   * BRONZINAS QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
MAHLE METAL LEVE 62,43%   MAHLE METAL LEVE 56,26%
KS 10,34%   KS 11,93%
JS BRONZINAS 7,55%   TAKAO 8,35%
PEÇAS GENUÍNAS 5,77%   JS BRONZINAS 8,15%
TAKAO 4,17%   PEÇAS GENUÍNAS 4,17%
             
* BUCHAS DE SUSPENSÃO QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * BUCHAS DE SUSPENSÃO QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
MONROE AXIOS 62,25% MONROE AXIOS 36,56%
COFAP 12,58% SAMPEL 23,13%
SAMPEL 6,62% COFAP 11,67%
PEÇAS GENUINAS 5,74% JAHU 6,61%
GETOFLEX 2,21% BORFLEX - BFX 3,74%
BORFLEX - BFX 1,55% PERFECT 3,08%
* CABOS DE IGNIÇÃO QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * CABOS DE IGNIÇÃO QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
NGK 67,07% NGK 54,95%
BOSCH 19,92% BOSCH 24,85%
MAGNETI MARELLI 4,47% MAGNETI MARELLI 8,48%
DELPHI 2,64% DELPHI 6,26%
AC DELCO - GM 1,83% AC DELCO - GM 1,41%
PEÇAS GENUÍNAS 1,02% GAUSS 1,21%
* CAIXAS DE DIREÇÃO QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * CAIXAS DE DIREÇÃO QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
ZF-TRW 55,51% ZF-TRW 41,08%
NAKATA 12,22% NAKATA 19,64%
DHB 10,82% AMPRI 15,43%
PEÇAS GENUINAS 10,02% DHB 11,62%
AMPRI 7,82% PEÇAS GENUINAS 6,81%
VIEMAR 3,21% VIEMAR 4,81%
* CALÇOS DE SUSPENSÃO  QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * CALÇOS DE SUSPENSÃO  QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
AXIOS 54,83% AXIOS 32,88%
COFAP 11,69% SAMPEL 20,72%
SAMPEL 10,11% COFAP 11,94%
PEÇAS GENUÍNAS 6,97% MOBENSANI 9,23%
MOBENSANI 5,39% JAHU 6,76%
BORFLEX - BFX 2,25% BORFLEX - BFX 4,50%
* CATALISADORES QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * CATALISADORES QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
MASTRA 34,50% MASTRA 37,00%
PEÇAS GENUÍNAS 33,50% TUPER 20,75%
TUPER 13,50% PEÇAS GENUÍNAS 15,50%
MARELLI 10,50% SCAPEX 14,25%
SCAPEX 5,50% MARELLI 9,25%
* CILINDRO MESTRE DE FREIO QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * CILINDRO MESTRE DE FREIO QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
TRW VARGA 44,68% CONTROIL 44,21%
CONTROIL 21,76% TRW VARGA 31,71%
ATE 9,49% ATE 7,18%
BOSCH 9,26% BOSCH 6,71%
BENDIX 6,25% BENDIX 3,24%
* COMBUSTÍVEIS QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * COMBUSTÍVEIS QUE VOCÊ MAIS RECOMENDA? %
SHELL 36,91% SHELL 36,94%
IPIRANGA 27,65% IPIRANGA 26,89%
BR 21,89% BR 20,95%
TEXACO 2,16% TEXACO 2,55%
CARREFOUR 1,29% CARREFOUR 1,47%
ALE 1,01% ALE 1,05%
* CORREIAS SINCRONIZADORAS QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * CORREIAS SINCRONIZADORAS QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
CONTITECH 34,69% CONTITECH 39,35%
GATES 28,48% DAYCO 24,95%
DAYCO 19,70% GATES 22,15%
PEÇAS GENUINAS 5,78% BOSCH 3,44%
BOSCH 3,43% MAGNETI MARELLI 1,72%
AC DELCO - GM 1,93% PEÇAS GENUINAS 1,51%
MAGNETI MARELLI 1,07% AC DELCO - GM 1,29%
MOTRIO - RENAULT 1,07%
* CORREIAS V E POLY-V QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * CORREIAS V E POLY-V QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
CONTITECH 35,25% CONTITECH 38,42%
GATES 24,36% DAYCO 27,72%
DAYCO 22,18% GATES 18,61%
PEÇAS GENUÍNAS 4,95% PEÇAS GENUÍNAS 2,57%
ACDELCO - GM 1,98% MAGNETI MARELLI 1,58%
BOSCH 1,58% A-BELT 1,19%
* COXINS DE MOTOR QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * COXINS DE MOTOR QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
AXIOS 62,22% AXIOS 28,96%
PEÇAS GENUINAS 9,05% SAMPEL 20,14%
COFAP 6,79% JAHU 11,09%
SAMPEL 6,56% MOBENSANI 10,41%
GETOFLEX 3,62% COFAP 7,69%
MOBENSANI 2,26% BORFLEX - BFX 5,20%
* DISCOS DE FREIO QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * DISCOS DE FREIO QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
HIPPER FREIOS 30,84% HIPPER FREIOS 42,83%
FREMAX 27,84% FREMAX 24,20%
TRW VARGA 18,42% TRW VARGA 14,13%
BOSCH 4,93% BOSCH 4,50%
FRAS-LE 4,93% MDS FREIOS 4,07%
MDS FREIOS 3,64% FRAS-LE 3,64%
* EMBREAGENS QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * EMBREAGENS QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
LUK 53,68% LUK 58,88%
SACHS 31,81% SACHS 21,36%
PEÇAS GENUÍNAS 5,37% PEÇAS GENUÍNAS 1,80%
VALEO 2,10% VALEO 1,60%
MOTRIO - RENAULT 1,39% MAX FORTE 1,40%
MAX FORTE 1,19% MOTRIO - RENAULT 1,20%
MOPAR - FIAT 1,19%
* EQUIPAMENTOS DE DIAGNÓSTICO QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * EQUIPAMENTOS DE DIAGNÓSTICO QUE LHE DÁ MAIS PRODUTIVIDADE NA SUA OFICINA?  %
ALFATEST 16,57% ALFATEST 15,26%
TECNOMOTOR 13,57% TECNOMOTOR 14,06%
NAPRO 11,98% NAPRO 11,65%
BOSCH 11,58% SUN 11,04%
SUN 11,38% RAVEN 9,04%
RAVEN 8,78% BOSCH 8,23%
DELTA 2,99% DELTA 3,01%
PLANATC 2,59% PLANATC 2,83%
LAUNCH 2,40% LAUNCH 2,81%
10º TEXA 1,60% 10º FORTG 2,01%
* FABRICANTES DE FERRAMENTAS QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * FABRICANTES DE FERRAMENTAS QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
GEDORE 47,14% GEDORE 30,32%
BELZER 14,29% TRAMONTINA - PRO 11,11%
RAVEN 12,38% RAVEN 10,42%
TRAMONTINA - PRO 11,43% KING TONY 8,33%
KING TONY 7,38% BELZER 8,10%
ROBUST 3,81% ROBUST 7,87%
* FILTROS DE AR QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * FILTROS DE AR QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
FRAM 28,77% TECFIL 27,98%
TECFIL 24,01% WEGA 21,63%
MANN 14,68% FRAM 17,46%
MAHLE METAL LEVE 10,71% MAHLE METAL LEVE 8,73%
WEGA 9,33% MANN 6,55%
BOSCH 6,15% BOSCH 5,16%
VOX 1,98% VOX 4,96%
PEÇAS GENUÍNAS 1,79% AC DELCO 1,59%
AC DELCO  1,59% IMPECA 1,19%
* FILTROS DE CABINE QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * FILTROS DE CABINE QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
TECFIL 20,77% TECFIL 25,06%
FRAM 18,51% WEGA 24,83%
WEGA 14,00% FRAM 14,45%
MANN 11,96% BOSCH 7,22%
MAHLE METAL LEVE 9,71% MAHLE METAL LEVE 7,00%
BOSCH 8,35% MANN 4,51%
DELPHI 3,61% FILTROS BRASIL 2,48%
* FILTROS DE COMBUSTÍVEL QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * FILTROS DE COMBUSTÍVEL QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
FRAM 23,01% TECFIL 27,11%
TECFIL 22,55% FRAM 19,13%
MANN 15,49% WEGA 16,17%
MAHLE METAL LEVE 11,62% MAHLE METAL LEVE 11,39%
BOSCH 9,57% MANN 6,61%
WEGA 5,47% BOSCH 5,47%
PEÇAS GENUÍNAS 3,64% VOX 4,33%
* FILTROS DE ÓLEO QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * FILTROS DE ÓLEO QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
TECFIL 20,68% WEGA 24,65%
FRAM 15,71% TECFIL 23,26%
MANN 10,54% FRAM 11,53%
WEGA 9,30% KS 8,95%
KS 8,95% MAHLE METAL LEVE 5,96%
MAHLE METAL LEVE 6,96% BOSCH 5,37%
BOSCH 6,76% MANN 5,17%
VOX 2,19% VOX 4,77%
* FLEXÍVEIS DE FREIOS QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * FLEXÍVEIS DE FREIOS QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
TRW VARGA 37,50% TRW VARGA 26,03%
NORFLEX 11,52% NORFLEX 23,97%
BENDIX 10,29% CONTROIL 18,81%
CONTROIL 9,80% NAKATA 8,76%
PEÇAS GENUÍNAS 8,82% BENDIX 6,70%
ATE 7,60% ATE 4,38%
BOSCH 6,37% BOSCH 4,12%
* FLUIDO PARA FREIO QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * FLUIDO PARA FREIO QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
TRW VARGA 45,24% TRW VARGA 40,87%
BOSCH 24,21% BOSCH 25,60%
ATE 9,33% ATE 6,35%
JURID / BENDIX 4,17% JURID / BENDIX 4,37%
TIRRENO 3,37% CONTROIL 3,97%
BARDAHL 2,20% RADNAQ 3,17%
PEÇAS GENUÍNAS 2,18% TIRRENO 2,38%
AC DELCO - GM 1,98% AC DELCO - GM 1,98%
CONTROIL 1,98%
* JUNTAS DE MOTOR QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * JUNTAS DE MOTOR QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR?             %
SABÓ 61,15% SABÓ 56,55%
PEÇAS GENUÍNAS 8,74% TARANTO 11,26%
ELRING 7,82% BASTOS 8,97%
TARANTO 7,13% TAKAO 4,14%
BASTOS 3,45% SPAAL 3,91%
SPAAL 2,76% ELRING 3,22%
TAKAO 2,07% PEÇAS GENUÍNAS 2,76%
MAHLE 1,84% CORTECO 1,84%
* JUNTAS HOMOCINÉTICAS QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * JUNTAS HOMOCINÉTICAS QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
SPICER 33,67% COFAP 36,04%
COFAP 21,45% NAKATA 22,29%
ALBARUS 16,42% SPICER 12,92%
NAKATA 13,10% ALBARUS 6,67%
AXIOS 5,82% AXIOS 5,83%
PEÇAS GENUÍNAS 2,49% PERFECT 5,42%
* JUNTA SUPERIOR DO MOTOR (CABEÇOTE) QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * JUNTA SUPERIOR DO MOTOR (CABEÇOTE) QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
SABÓ 62,42% SABÓ 56,36%
PEÇAS GENUÍNAS 9,70% TARANTO 14,55%
TARANTO 8,69% BASTOS 9,29%
ELRING 6,87% SPAAL 3,84%
BASTOS 4,65% ELRING 2,63%
MAHLE METAL LEVE 1,41% TAKAO 2,63%
MAHLE METAL LEVE 1,62%
* LÂMPADAS QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * LÂMPADAS QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR?             %
PHILIPS 37,27% PHILIPS 28,31%
OSRAM 34,26% OSRAM 21,11%
GENERAL ELETRIC (GE) 8,10% CHINESAS 9,05%
BOSCH 5,32% GAUSS 8,82%
HELLA 5,09% GENERAL ELETRIC (GE) 7,19%
GAUSS 3,01% HELLA 6,50%
PEÇAS GENUÍNAS 2,08% MARELLI 4,64%
* MOLAS QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * MOLAS QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
FABRINI 39,23% FABRINI 31,97%
COFAP 28,23% COFAP 24,52%
NAKATA 5,74% NAKATA 10,82%
PEÇAS GENUINAS 5,26% ALIPERTI 7,69%
MONROE 4,78% CINDUMEL 4,81%
ALIPERTI 4,07% TIGRE 4,57%
* ÓLEO LUBRIFICANTE QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * ÓLEO LUBRIFICANTE QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
CASTROL 18,30% LUBRAX 14,89%
PETRONAS 11,91% IPIRANGA 11,28%
HAVOLINE 9,79% CASTROL 11,06%
LUBRAX 8,94% PETRONAS 10,85%
MOBIL 7,02% HAVOLINE 10,64%
HELIX 6,81% MOBIL 5,53%
IPIRANGA 6,78% SHELL HELIX 5,32%
MOTUL 4,68% ELAION 5,11%
LUBS GENUÍNOS 3,83% AC DELCO - GM 2,55%
10º ELAION 3,62% 10º BARDAHL 2,34%
* PALHETAS DE PARA-BRISA QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * PALHETAS DE PARA-BRISA QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
DYNA 49,16% DYNA 41,00%
BOSCH 35,25% BOSCH 28,91%
VALEO 3,84% IMPORTADAS 9,48%
PEÇAS GENUÍNAS 3,36% VALEO 4,27%
TRICO 1,92% TRICO 2,84%
* PASTILHAS DE FREIO QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * PASTILHAS DE FREIO QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
FRAS-LE 32,98% FRAS-LE 18,98%
COBREQ 20,21% SYL 17,06%
TRW VARGA 11,91% COBREQ 15,57%
SYL 6,81% TRW VARGA 12,58%
JURID / BENDIX 4,68% LONAFLEX 5,33%
BOSCH 3,83% JURID / BENDIX 4,48%
* PISTÕES DE MOTOR QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * PISTÕES DE MOTOR QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
MAHLE METAL LEVE 75,77% MAHLE METAL LEVE 61,37%
KS 10,79% TAKAO 11,70%
PEÇAS GENUÍNAS 4,85% SULOY 11,26%
SULOY 3,30% KS 9,71%
TAKAO 2,86% PEÇAS GENUÍNAS 1,99%
* PIVÔS DE SUSPENSÃO QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * PIVÔS DE SUSPENSÃO QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
NAKATA 28,44% NAKATA 32,28%
TRW 25,28% VIEMAR 16,48%
VIEMAR 14,90% TRW 12,42%
DRIVEWAY 8,13% DRIVEWAY 11,74%
AXIOS 7,00% PERFECT 11,06%
COFAP 5,19% COFAP 4,97%
PEÇAS GENUÍNAS 4,74% SKF 3,39%
PERFECT 2,03% AXIOS 2,71%
* PNEUS QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * PNEUS QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
GOODYEAR 19,14% GOODYEAR 16,54%
MICHELIN 17,28% DUNLOP 14,81%
CONTINENTAL 13,09% CONTINENTAL 13,46%
PIRELLI 12,72% PIRELLI 10,25%
DUNLOP 9,88% IMPORTADOS 10,25%
BRIDGESTONE 9,38% MICHELIN 6,54%
YOKOHAMA 3,09% BRIDGESTONE 5,80%
FIRESTONE 2,10% FIRESTONE 4,07%
YOKOHAMA 2,35%
* RADIADORES QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % *  RADIADORES QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
VISCONDE 35,01% VISCONDE 42,79%
VALEO 34,55% VALEO 24,94%
PEÇAS GENUÍNAS 7,78% NOTUS 9,61%
MAGNETI MARELLI 7,09% MAGNETI MARELLI 8,92%
DENSO 6,41% DENSO 4,58%
DELPHI 3,20% PEÇAS GENUÍNAS 3,20%
* RETENTORES QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * RETENTORES QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
SABÓ 70,50% SABÓ 66,93%
PEÇAS GENUÍNAS 5,94% CORTECO 4,95%
CORTECO 4,75% TARANTO 4,75%
ELRING 3,96% PEÇAS GENUÍNAS 2,77%
MERCO PARTS JUNTAS 1,98% ORION 2,57%
TARANTO 1,39% MERCO PARTS JUNTAS 1,78%
* ROLAMENTOS DE RODA QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * ROLAMENTOS DE RODA QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
SKF 45,82% SKF 47,21%
FAG 14,14% FAG 10,56%
INA 12,15% INA 7,97%
PEÇAS GENUÍNAS 6,37% NSK 4,78%
TIMKEN 4,38% IMA 4,38%
NSK 2,99% PEÇAS GENUÍNAS 3,78%
IMA 2,59% LUCAS 3,19%
* ROLAMENTOS QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * ROLAMENTOS QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
SKF 44,70% SKF 46,73%
INA 18,06% FAG 12,42%
FAG 14,90% INA 11,96%
NSK 7,67% NSK 8,80%
TIMKEN 6,77% NYTRON 3,84%
PEÇAS GENUÍNAS 3,39% IRB 3,16%
LUCAS 0,90% LUCAS 2,93%
* SERVO FREIO QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * SERVO FREIO QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
TRW VARGA 36,96% CONTROIL 41,69%
CONTROIL 25,85% TRW VARGA 34,89%
BOSCH 14,97% BOSCH 7,73%
BENDIX 8,16% BENDIX 4,68%
ATE 6,35% ATE 3,98%
PEÇAS GENUINAS 5,67% PEÇAS GENUINAS 3,75%
* SILENCIOSO TRASEIRO QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * SILENCIOSO TRASEIRO QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
MASTRA 35,75% MASTRA 31,92%
TUPER 19,50% TUPER 25,19%
PEÇA GENUINA 17,00% SCAPEX 18,95%
MAGNETI MARELLI 15,25% MAGNETI MARELLI 10,22%
SCAPEX 7,25% PEÇA GENUINA 8,23%
WALKER 2,50% WALKER 2,74%
* SONDA LAMBDA QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * SONDA LAMBDA QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
NTK 40,88% NTK 37,88%
BOSCH 25,25% BOSCH 18,24%
MTE-THOMSON 7,62% MTE-THOMSON 16,43%
PEÇAS GENUÍNAS 7,21% MAGNETI MARELLI 6,21%
MAGNETI MARELLI 4,81% DELPHI 4,01%
DELPHI 3,81% GAUSS 3,61%
E-KLASS (VTO) 3,21% E-KLASS (VTO) 3,21%
* TENSIONADORES E POLIAS QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * TENSIONADORES E POLIAS QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
INA 28,72% SKF 17,23%
SKF 18,09% NYTRON 15,11%
DAYCO 9,79% INA 14,26%
GATES 9,15% CONTITECH 10,21%
NYTRON 7,66% DAYCO 7,02%
PEÇAS GENUÍNAS 7,23% NSK 6,38%
CONTITECH 6,81% GATES 6,17%
NSK 3,40% COBRA 5,32%
ZEN 2,13% PEÇAS GENUÍNAS 3,62%
* TERMINAIS AXIAIS QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * TERMINAIS AXIAIS QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR?             %
TRW 28,44% VIEMAR 28,89%
NAKATA 27,77% NAKATA 27,54%
VIEMAR 27,54% TRW 15,12%
COFAP 3,84% PERFECT 12,64%
SKF 3,61% COFAP 4,74%
PERFECT 3,39% SKF 4,51%
GENUINAS 3,16% GENUINAS 2,03%
* TERMINAIS DE DIREÇÃO QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * TERMINAIS DE DIREÇÃO QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
TRW 30,02% NAKATA 27,04%
NAKATA 26,64% VIEMAR 19,28%
VIEMAR 16,90% TRW 15,31%
DRIVEWAY 9,74% PERFECT 13,52%
PERFECT 4,57% DRIVEWAY 9,74%
PEÇAS GENUÍNAS 4,17% SKF 3,98%
* VÁLVULAS TERMOSTÁTICAS QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * VÁLVULAS TERMOSTÁTICAS QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
WAHLER 29,42% MTE-THOMSON 34,59%
MTE-THOMSON 28,63% WAHLER 22,86%
IGUAÇU 11,53% IGUAÇU 13,12%
PEÇAS GENUINAS 6,36% VALCLEI 9,15%
VALCLEI 5,17% MAGNETI MARELLI 4,37%
MAGNETI MARELLI 4,37% VALEO 3,38%
VALEO 4,17% PEÇAS GENUINAS 3,18%
* VELAS DE IGNIÇÃO QUE VOCÊ MAIS LEMBRA/CONFIA? % * VELAS DE IGNIÇÃO QUE VOCÊ MAIS ENCONTRA NO SEU FORNECEDOR? %
NGK 69,38% NGK 58,25%
BOSCH 13,72% BOSCH 20,48%
WEGA 5,96% WEGA 9,74%
DENSO / IRIDIUM 3,18% DENSO / IRIDIUM 2,19%
PEÇAS GENUINAS 1,99% PEÇAS GENUINAS 1,79%

Comentários