Evento - Anderson Nunes

Possante Novo, uma iniciativa para resgatar a história das pessoas fãs de veículos GM

Concessionária Veibras cria concurso cultural para a aproximar os apaixonados pela marca Chevrolet os presenteando com uma restauração

Instalada desde 1959, a unidade da General do Motors do Brasil, na cidade de São José dos Campos, acompanhou ao longo desses seus 57 anos de atuação na região todo o desenvolvimento social e econômico do Vale do Paraíba, sendo responsável por boa parte da geração de trabalho e renda. Nesse contexto a GM está intimamente ligada à história de boa parte da população que reside nas cidades que formam hoje a região metropolitana do Vale do Paraíba.

O Opala SS coberto por um pano dourado despertava a curiosidades das pessoas e dava mais destaque ao evento
A concessionária Veibrás nasceu junto com a GM, isso em 1959, quando sua sede ficava a rua Nelson D’Ávila. Em 1977 eles se mudaram para o atual endereço, localizado próximo à rodovia Presidente Dutra. Em 2015 a concessionária passou por uma extensa reforma e para essa nova fase, a política adotada pela empresa é inovar, segundo Rafael Davoli, diretor de marketing da Veíbras. “A Veibrás existe desde 1959 em São José dos Campos, quando atuávamos na avenida Nelson D’Ávila, e desde 1977 estamos em nosso atual endereço. Então, como participamos da história entre a fábrica da GM e a cidade de São José, resolvemos resgatar essa memória através da restauração de um veículo da Chevrolet. Vamos restaurar um Chevrolet produzido entre os anos de 1970 e 2000 esteticamente, motor não”, explicou Davoli.

Nesse contexto nasceu a ideia do concurso – “Meu Possante”, em 2015. O concurso preconiza que o autor do melhor vídeo conte em dois minutos a sua história com seu veículo Chevrolet e o por que ele deveria ganhar a restauração. Funilaria, pintura e acessórios serão trocados. “Nossa ideia nunca foi fazer um veículo potente, no estilo tuning. O que nós queremos é restaurar o carro e deixá-lo ao mais próximo do original, mas utilizando acessórios originais GM para podermos mostrar aos nossos cliente que temos uma infinidade de itens a sua escolha para incrementar o visual do seu carro”, disse Rafael. 

Na primeira edição o concurso contou com a participação de 33 inscritos e sendo que foram escolhidos somente cinco finalistas. O primeiro veículo a ganhar o concurso foi o Chevette, que na ocasião foi entregue à proprietária Araci Garcia na sede da Veibrás. 

POSSANTE NOVO 2016

A segunda edição do Possante Novo contou com patrocínio e adesão de empresas que apoiam a iniciativa. “O evento de 2015 nos serviu de aprendizado e um portfólio. Para 2016 conseguimos empresas interessadas em apoiar a segunda edição do Possante Novo, o que para nós da Veibrás é motivo de muito orgulho, pois demonstra que a nossa iniciativa, além do resgate histórico do veículo, mostra o amor das pessoas pelos seus carros”, explicou Davoli. 

O visual agressivo foi reforçado pela pintura vermelha e as rodas aro 18 da Chevrolet Captiva
A parte social também faz parte do Possante Novo. Um grupo de nove adolescentes da Fundhas (Fundação Hélio Augusto de Souza) foram selecionados para participar do projeto e ao final um dos jovens teria seu contrato efetivado junto à concessionária. Na Veibrás os alunos tiveram a oportunidade de viver o dia a dia nas áreas de funilaria e acessórios. Eles também foram conhecer e receber capacitação técnica nas instalações da Sikkens, empresa com mais de 100 anos de experiência em repintura automotiva e patrocinadora do evento. 

OPALA SS DO JANILTON

A edição 2016 do Possante Novo contou com a participação de 36 carros. Os três finalistas foram o Monza GLS 1994 e dois Opalas 1974: um SS e Comodoro automático que ficaram expostos no Center Vale Shopping para que o público pudesse participar dando seu voto. Depois uma comissão com 12 jurados também fez sua escolha. Em maio o resultado foi divulgado e o vencedor foi o Opala SS de propriedade de Janilton Augusto Romão, de São José dos Campos. 

Janilton Romão participou da edição de 2015, mas não obteve os votos necessários. Perseverante inscreveu-se novamente para a edição desse ano e acabou conquistando os votos dos jurados e do público. O Opala SS 1974 é o primeiro do metalúrgico. Ele levou dois anos para juntar o dinheiro e comprar o seu tão sonhado Opala. “A minha paixão pelo Opala vem desde cedo. Meu tio possuía um modelo cupê e eu ficava admirando as linhas do carro, o que mais chamava a minha atenção eram os vidros laterais traseiros que abaixavam por completo deixando aquele grande vão lateral”, explicou sorridente Romão.

O clássico interior ganhou um toque de requinte com o acabamento em couro marrom
Logo o resultado do concurso saiu, o proprietário do Opala precisou ficar distante três meses longe de seu carro. O veículo foi enviado até a Veibrás, onde começou todo o processo de restauro. Após a remoção das portas, capô, tampa do porta-malas, motor e acabamento a carroceria recebeu tratamento de jato de areia para a retirada da antiga pintura e de impurezas da chapa que acumulam-se no decorrer do tempo. “Após a carroceria ficar somente na lata nós aplicamos um sistema anti-ferrugem, o mesmo produto que a GM aplica nos carros atuais para garantir uma melhor proteção da lataria do Opala”, explicou Fabricio Dantas.

Claudemir Scamparim, Rafael Davoli (camisa azul) e Fabrício Dantas, o trio que juntamente com a equipe de colaboradores da Veibras deram uma nova vida ao Opala SS do Janilton
A pintura recebeu nove camadas de tintas e o tom de vermelho foi escolhido para ser único no Opala SS. O interior recebeu novos revestimentos de bancos, portas e teto em tom de marrom terracota. O tradicional volante de três raios da versão SS foi mantido, bem como o painel de instrumentos com conta-giros. Os toques de modernidade ficam por conta travamento das portas via controle remoto, o que dispensou o uso das maçanetas externas, da câmera de ré integrada ao aparelho de som e das rodas aro 18, as mesmas utilizadas no utilitário Captiva.   

Motor 4100 de seis cilindros foi todo revisado e ainda hoje esbanja força mesmo sem nenhum tipo de preparação
No sábado (13), o carro coberto com um pano dourado na praça de eventos do CenterVale Shopping, despertava a curiosidade das pessoas. O local em pouco estava lotado para a revelação do resultado do Concurso Cultural “Possante Novo”. Diversas pessoas, entre elas colecionadores de carros, funcionários das empresas que apoiaram a iniciativa juntaram-se aos inúmeros curiosos que estavam no local. Às 13 horas o pano foi retirado e o Opala SS de Janilton Romão tirou sorriso dos ali presentes. 

O proprietário não conteve as emoções e ficava examinando cada detalhe do seu possante. “Bom, eu já estava muito emocionado pelo vídeo que tinha passado antes da revelação, no qual contava a minha história e a do Opala. O resultado superou todas as minhas expectativas, eu esperava apenas um pintura e a parte de tapeçaria renovada, as rodas aro 18”, cor vermelho metálico exclusiva do carro e o interior marrom totalmente novo e em coro, agora sim tenho um “torcedor de pescoço”, fiquei doido para pegar ele e dar uma volta rua”, disse sorridente Romão. 

Janilton Romão, dono do Opala SS, estampa o sorriso no rosto após conquistar a edição do Possante Novo 2016
Para os donos de Chevrolet que tiverem interesse a edição 2017 já está com as inscrições abertas. E caso outras concessionárias tenham interesse em conhecer mais o projeto e abraçar a iniciativa “Possante Novo” a Veibras deixa um canal de contato: (12) 3906-1400 – Falar com Rafael Davoli. Email: marketing@veibras.com.br 

 

comentários
Avaliar:

Comentários