Oficina Brasil


Viemar aposta em mais um ano de sucesso no mercado da reposição automotiva

O fundador e diretor-presidente da Viemar, Fábio Toniolo Vieira, fala sobre as principais conquistas da empresa no ano passado, as projeções para esse ano, as mudanças e transformações pelas quais a empresa passou e muito mais! Confira

Por Da Redação

Oficina Brasil: Fale-nos um pouco da sua trajetória profissional.

Sou fundador da Viemar. Minha trajetória profissional sempre esteve ligada ao mercado de reposição. A Viemar foi fundada há quase 22 anos. Foi em fevereiro de 1996 que iniciamos o negócio, vislumbrando a oportunidade de focar nos segmentos de suspensão e direção. Logo após que a Viemar foi criada tivemos que optar – ou importávamos ou fabricamos.

E optamos por ser fabricantes, apostamos na identidade que criamos. E optamos por fabricar porque eu não sei comprar qualidade, eu sei é fabricar qualidade – tanto que uma das nossas competências é “fazer bem feito da primeiro vez”. Nosso desafio é e sempre foi desde o primeiro momento da Viemar saber transformar o que nós construímos na indústria e apresentá-lo como um diferencial no mercado. Passar o entendimento do que é comprar pronto e do que é fazer – e nós fazemos as peças.

E o resultado dessa escolha nos trouxe até hoje, ao posto de maior fabricante brasileira de suspensão e direção.

Fale um pouco das principais conquistas da empresa e quais os desafios para os próximos anos?

A Viemar cresceu muito acima do que esperávamos. E isso nos obrigou a modificar todo o nosso processo de fabricação – hoje o produto está sendo feito de uma maneira completamente diferente. Modificamos nossos processos, nossa engenharia, para nos tornarmos mais competitivos. Hoje podemos afirmar com toda certeza: ninguém fabrica peças como nós. O “ser solução”, que trazemos na nossa missão, traduz isso: utilizamos o mix de tecnologia dos diversos fabricantes de autopeças para criar uma tecnologia própria, que possibilita um componente com mais durabilidade e performance acima do esperado. A Viemar chegou ao estágio de fazer a peça da maneira que achar melhor e de uma maneira muito competitiva. E melhorar o projeto original e apresentar diferenciais quando necessário têm um único objetivo: a fidelização do mecânico.

A Viemar atualmente é líder no mercado nacional de Articulações Axiais, certo? Quais as estratégias da empresa para se manter nesse nível diante de seus concorrentes? E o que levou, na sua opinião, a Viemar a chegar neste estágio no mercado?

Justamente essa mudanças de processos, e criando um jeito Viemar de fabricar, integrando o Sistema de Produção. Também há que destacar nossa engenharia – nossa equipe tem liberdade para criar, para buscar o diferente com o foco de agregar para o aplicador. Se for facilitar a vida do mecânico, se for entregar um produto de melhor qualidade, para que ele possa oferecer ao seu cliente uma peça confiável, de alta segurança.

Qual a participação da empresa no mercado de componentes de direção e suspensão?

Tivemos em 2017 um salto na nossa participação no mercado, com liderança em axiais, conforme pesquisa Marcas Preferidas da CINAU e uma presença muito maior em pivôs de suspensão e terminais de direção – mas essa pergunta deixo para vocês responderem. A Viemar concorre com empresas centenárias, decanas do mercado. E somos jovens, temos um caminho longo a trilhar.

Nos últimos anos quais investimentos foram feitos pela empresa no Brasil?

Investimos em máquinas, desenvolvimento de pessoas, processos. Investimos no Sistema de Produção Viemar e no Sistema de Gestão Viemar.

Quais as perspectivas da empresa para este ano?

A Viemar chega em 2018 forte. Nossa fábrica está pronta para entregar o que o mercado precisa, nossa marca se consolida a dia a dia. Ainda que seja um ano, no cenário nacional, que instiga dúvidas, acreditamos que a reposição terá muito a crescer, nossa frota envelheceu nos últimos anos e a Viemar tem uma bela fatia de mercado por conquistar.

Quais os principais lançamentos e novidades da empresa neste ano?

A Viemar tem no seu escopo lançar em média 5 produtos por mês, o que nos dá uns 60 lançamentos por ano[C2] . E seguimos com o foco que nos fez chegar até aqui, de ser o primeiro fabricante a lançar pivôs de suspensão, articulações axiais, terminais de direção, mesmo de carros que foram lançados também esse ano. Mas diria que duas foram as principais novidades da empresa para o reparador. O primeiro, que agora está chegando com força ao mercado, é a garantia de 70 mil quilômetros ou 2 anos para axiais, pivôs e terminais. É algo que só a Viemar tem e o fazemos com a segurança de quem fabrica e controla todos os seus produtos e processos. E o segundo foi o lançamento do conceito COMBOS para o mercado de reposição. A liderança da Viemar em axiais, se por um lado nos consolidou, por outro fez com que não fôssemos tão percebidos como fabricantes de terminais e pivôs. O Combo veio justamente para mostrar ao reparador que temos uma solução completa em suspensão e direção para a mesma aplicação, fechamos o “combo” do veículo. E a ideia foi muito bem aceita, tanto que crescemos em pivôs e terminais.

Como os produtos chegam aos reparadores interessados?

A Viemar respeita a cadeia comercial do setor, respeita a distribuição. Temos uma rede de representantes e vendedores que atua a nível Brasil, fazendo com que os produtos cheguem aos distribuidores nacionais e regionais, que por sua vez vendem às autopeças até chegar ao reparador. Sempre tivemos essa preocupação, de respeitar a cadeia de distribuição em nossas negociações comerciais. A Viemar prima pelas suas relações e sabe que ainda tem muito chão para percorrer; nosso desafio no mercado interno, pelo porte do Brasil, é se tornar conhecida e referência em todos lugares, potencializando a marca.

Qual a importância do reparador para a Viemar?

O reparador é nossa razão de existir. É por ele e pelo consumidor final que trabalhamos. O relacionamento com o reparador passa por facilitar, instruir e educar. Por isso, além de produzir com qualidade, de oferecer uma garantia de 70 mil quilômetros ou 2 anos, acreditamos no conhecimento. A Viemar tem o desafio de ser a que entrega a melhor informação do mercado. São exemplos o catálogo eletrônico, pioneiro do setor de autopeças e que é um verdadeiro consultor online para o que o reparador necessitar. Produtos, aplicações, medidas, mercados, fotos, onde encontrar, instruções, alertas, número original, são facilmente encontrados em uma única ferramenta, ágil, fácil e disponível.

Também o Espaço do Mecânico, dentro do site Viemar, disponibiliza vídeos, instruções, alertas e soluções necessárias para que o aplicador consiga desenvolver o seu trabalho com segurança. Soma-se a isso, ainda, uma rede de promotores técnicos e comerciais em todo o Brasil que estão em contato permanente com todos canais – distribuidores, autopeças, oficinas mecânicas, autocenters. Levando informações da fábrica e coletando críticas e sugestões para aperfeiçoar a linha de produtos.

Quais os próximos passos para aproximar ainda mais a empresa da reparação independente? Quais as próximas novidades?

A Viemar, depois de passar os últimos anos focada em reestruturar seus processos e a fábrica, deve se voltar ainda mais para o contato com o mercado. Investir no relacionamento com os elos da cadeia, fomentar o debate sobre a segurança das peças, capacitar o aplicador, fazer com que o reparador perceba o quanto é relevante ele poder contar com uma empresa que oferece os 70 mil quilômetros de garantia que oferecemos. O quanto ele pode agregar aos seus serviços e ao seu negócio utilizando Viemar.

A empresa possui algum tipo de treinamento voltado aos reparadores independentes?

Sim, e temos muito orgulho da nossa presença junto ao reparador. Nossa equipe de promotores treina e capacita aplicadores em todo o Brasil. Em 2017, foram mais de 3 mil reparadores que receberam dos nossos promotores informação qualificada, em palestras realizadas presencialmente. Também estamos investindo em vídeos, instruções técnico-didáticas disponíveis nos nossos canais na internet – site, redes sociais – que possibilitam que o reparador tenha acesso à informação a hora que quiser. Só neste ano, lançamos mais de 30 novas instruções, alertas e dicas que são justamente focadas em treinar e informar o reparador. Essa preocupação sempre norteou a Viemar e vai continuar nos definindo.

Como você vê as redes sociais, que hoje são uma porta de esclarecimento e que acabaria ajudando a empresa em vários aspectos?

A presença nas redes sociais é fundamental. Tanto que estamos investindo também na nossa presença online, identificando a linguagem que nos aproxima do cliente de uma forma que fidelize esse relacionamento. Em 2018 vamos trabalhar muito fortemente esses canais que, temos certeza, são fundamentais. A crença da Viemar no digital é grande, por saber que a conexão é o nosso presente, que dirá o futuro.

Segundo pesquisa da CINAU, a disponibilidade do produto é um dos atributo mais importantes para os reparadores. Além de atuar em todo território nacional com uma rede sólida e consistente, o que vocês fazem para garantir o produto na oficina mecânica?

Garantir o produto na oficina passa pela cadeia, por ter uma rede de distribuidores. Porém, o papel do reparador no reconhecimento da marca é fundamental para que ele mesmo consiga encontrar a Viemar junto à sua loja favorita. É quando o reparador solicita Viemar, e isso tem crescido de maneira exponencial, que o varejo se vê na necessidade de buscar a marca na distribuição e ela, por consequência, junto à fábrica.

Quais as estratégias usadas pela empresa para enfrentar o momento difícil que o mercado enfrentou nos últimos anos?

As estratégias são comuns a todos fabricantes que buscam a permanência no mercado. A Viemar, junto com os investimentos, também busca uma manufatura cada vez mais enxuta, controle de custos, oferecer ao mercado produtos cada vez mais competitivos, porém sempre focada em qualidade.

O mercado de reposição está vivendo um de seus melhores ciclos e estudos recentes apontam que mesmo com a recuperação da venda de veículos novos, o aftermarket continuará crescente e demandante. Como a empresa enxerga este cenário e quais ações estão sendo tomadas para desfrutar deste momento?

A Viemar acredita na reposição, é nossa razão. Tanto que, por mais que tenha sempre sido assediada a fornecer para montadoras – mesmo em momentos como o atual – mantém o foco no aftermarket. A possibilidade de criar, de realmente entregar uma solução que vá agregar ao setor, nos fascina. Tudo o que já relatamos, desde as melhorias e mudanças no processo produtivo até as formas de se relacionar com distribuidores, varejistas, reparadores, tudo isso faz com que estejamos preparados para desfrutar de um bom momento. Nossa capacidade produtiva dobrou no último ano e podemos dizer que estamos prontos para atender ao mercado de suspensão e direção.

Além de todo esse compromisso com o reparador e com o mercado de reposição a Viemar também está presente em competições, como é essa iniciativa?

Também há que considerar a presença da Viemar como fornecedora técnica oficial dos campeonatos de automobilismo – Stock Light (que até 2017 era Campeonato Brasileiro de Turismo) e Mercedes-Benz Challenge. Mais do que uma oportunidade de ampliar a presença da marca Viemar, o desenvolvimento de peças customizadas, soluções para os veículos de competição, permite que a Viemar consiga utilizar a tecnologia e a engenharia das pistas para melhorar ainda mais os carros de rua.

Comentários