Oficina Brasil


Transmissão CVT-1 Multidrive do Toyota Corolla ano/modelo 2015

Comentários e dicas de manutenção básica,  incluindo procedimentos para substituição correta do fluido de transmissão,  que segue uma nova e excusiva especificação

Compartilhe
Por da redação


Avaliação da Matéria

Faça a sua avaliação

2

Temos recebido várias solicitações sobre qual o fluido recomendado e procedimento de substituição para o Toyota Corolla ano-modelo 2015, equipado com a transmissão AISIN WARNER CVT-1. Este boletim se aplica às transmissões TOYOTA CVT códigos K110, K111, K111F, K112, K112F, K210, P210, K310, K311, K311F, K410, K41A.

A utilização de outro fluido, que não seja o TOYOTA CVT-TC, poderá causar danos internos à transmissão. Utilize somente o especificadoEsta matéria se destina a esclarecer estas dúvidas e informar acerca do seguinte:

O fluido recomendado para esta transmissão é inteiramente novo, identificação FLUIDO TOYOTA CVT-TC, encontrado nos revendores TOYOTA. Não utilize os fluidos anteriores, recomendados para transmissões mais antigas.

Alguns técnicos têm informado que o fluido tende a desaparecer destas transmissões, porém o que acontece é coisa bem diferente. O cárter da transmissão TOYOTA CVT-1 possui um tubo de verificação de nível interno, o que leva o técnico, quando abre o bujão de escoamento do cárter, a pensar que a transmissão está consumindo óleo, o que não acontece, pois por causa do tubo, somente 500 ml de óleo saem da transmissão.

Com esta impressão, o técnico sobreabastece a transmissão, colocando 4 litros de óleo, ocasionando danos aos vedadores da bomba e componentes internos da transmissão. Para escoar completamente a transmissão, é necessário remover o cárter inferior da transmissão, uma vez que o tubo não é removível.

Uma vez que o câmbio tenha sido drenado, aproximadamente 3,8 a 4,0 litros de fluido sairão da transmissão. Recoloca-se um novo filtro, o cárter com sua nova junta, e abastece-se novamente a transmissão com a mesma quantidade de fluido retirado (3,8 a 4,0 litros aproximadamente).

Tubo de respiro da transmissãoO fluido recomendado, repetindo-se, é o fluido original TOYOTA CVT-TC, devendo ser colocado pelo bujão de abastecimento localizado na lateral da transmissão.

 

Lembramos que:

1. O motor do veículo deve estar desligado.

2. Ele deve estar posicionado em um elevador, sobre um piso plano.

3. A transmissão deverá estar fria (até 40 graus).

A seguir, colocamos algumas fotos que ilustram o procedimento acima. Esperamos com isto ajudar os técnicos reparadores em seu trabalho diário com transmissões.

O período recomendado de troca de fluido é a cada 40.000 km ou a cada 25.000 km, em caso de utilização severa do veículo.

O número original de peça TOYOTA da junta do cárter é 35168-52040, e a do bujão de verificação é 90430-12008.

O cárter da transmissão CVT deve ser retirado para se remover totalmente o fluido. Na reposição do cárter, uma nova junta e um novo vedador do bujão de verificação do nível devem ser substituídos. O número de peça da junta do cárter é 35168-52040 e a do vedador do bujão é 90430-12008. Substituição do fluido a cada 40.000 km   

Bujão de verificação de nível. Para escoar totalmente o fluido, deve-se remover o cárter, uma vez que o tubo interno não é removível 

Vista geral da transmissão com o cárter removido. Deve-se tomar muito cuidado na remoção do cárter, pois existem sensores e chicotes que estão muito próximos a este componente e podem ser danificados durante a remoção do mesmo

O tubo de nível não permite a retirada de todo o fluido. Deve-se retirar o cárter para remoção do fluido. Existem 15 parafusos de fixação do cárter. Muito cuidado na sua remoção

Vista ampliada do bujão de abastecimento de fluido da transmissão CVT-TC. Cuidado com os sensores que estão logo acima do bujão, que podem ser danificados durante o procedimento. Assim que a transmissão for abastecida e o fluido começar a escorrer pela abertura, feche o bujão utilizando um novo anel de vedação. Quantidade de fluido: de 3,8 a 4,0 litros aproximadamente

 Conjunto em vista explodida

  Corolla Altis 2015 Câmbio Multidrive 7 velocidades 

 

 

 

Comentários