Oficina Brasil


ZF conquista certificação OEA

Empresa agora é reconhecida como segura para negociações no exterior

Compartilhe
Por Da redação


Avaliação da Matéria

Faça a sua avaliação

A ZF conquistou a certificação OEA (Operador Econômico Autorizado). Isso significa que a empresa é reconhecida como uma operadora segura de negócios internacionais. 

"A marca conquistou a certificação baseando-se em boas práticas de divisões de negócio já certificadas. A certificação é mais um reconhecimento aos nossos esforços em mantermos a dianteira das boas práticas de gestão e de processos”, destaca Wilson Bricio, presidente da ZF América do Sul. “Com ela passamos a ser oficialmente reconhecidos como um operador com nível mais seguro possível em negócios internacionais, usufruindo de maior agilidade logística, redução significativa de tempo no desembaraço aduaneiro em portos, além de várias outras vantagens que permeiam toda a cadeia”, completou. 

 

O Programa OEA foi criado na década de 90 e ganhou várias atualizações ao longo dos anos, como forma de facilitar o comércio internacional, permitir uma gestão mais integrada e segura das cadeias logísticas, ampliar a função e capacidades das alfândegas, reforçando a cooperação entre as administrações aduaneiras. Junto ao setor privado os programas OEA buscam a construção conjunta de políticas de segurança na cadeia logística global.

“A partir do atendimento à todas as exigências que cumprimos com a certificação, teremos um canal direto com a Receita Federal, com uma série de outros benefícios, como por exemplo a otimização de procedimentos relacionados aos nossos processos logísticos de importação e exportação. Com a OEA, reduziremos significativamente o tempo de desembaraço, o que impactará de forma positiva toda a cadeia, mitigando riscos de imprevistos e atrasos nos processos logísticos como um todo”, explica Ana Ribeiro, gerente fiscal e comércio exterior da ZF.

Comentários