Oficina Brasil


Robô da Ford simula suor e peso do motorista no assento

Máquina foi criada para testar durabilidade dos assentos em condições de calor, suor e peso

Compartilhe
Por Da Redação


Avaliação da Matéria

A Ford criou um robô com a capacidade de testar a vida longa dos bancos dos seus veículos. O robô, chamado de “Robutt”, simula o suor e calor humano e permite avaliar o desgaste dos assentos. O aparelho realiza 7.500 testes em três dias, o que corresponde a 10 anos de uso convencional. 

A máquina já é utilizada nas produções da Ford na Europa e já está em seu segundo estágio de evolução. Antes, o Robutt simulava apenas a pressão do peso do corpo humano no assento. 

“Os carros fazem parte da nossa vida e a prática de exercícios físicos também está sendo incorporada à rotina de muitas pessoas. Nem sempre elas conseguem tomar um banho ou mesmo se enxugar antes de ir para casa. O ‘Robutt’ é uma maneira de garantir que os bancos dos nossos carros se mantenham intactos por muitos anos sob diferentes condições de uso”, diz Florian Rohwer, engenheiro do Laboratório de Desenvolvimento de Carroceria e Chassi da Ford Europa.

Comentários