Oficina Brasil


Componentes internos dos amortecedores e suas funcionalidades

A hora da instalação requer cuidados para manter a integridade de todos os componentes do amortecedor, garantindo uma boa performance

Compartilhe
Por Da Redação


Avaliação da Matéria

Faça a sua avaliação

Localizado na parte debaixo do veículo, o sistema de suspensão é composto por amortecedor, mola, bandeja, pivô e barra estabilizadora, peças que atuam conjuntamente.
Jair Silva, gerente de qualidade e serviços da Nakata, explica: “O amortecedor é o principal componente do sistema e um dos responsáveis pelo conforto e segurança dos ocupantes do veículo, pois controla os movimentos indesejados da mola, reduzindo os deslocamentos por meio do amortecimento”.
Vale lembrar que o amortecedor também ajuda a manter o pneu em contato com o solo. Por isso, a recomendação é sempre utilizar amortecedores de marcas tradicionais do mercado, que contam com qualidade e garantia.
Além da qualidade do componente. A haste do amortecedor HG Nakata é revestida de cromo duro e apresenta acabamento superficial de baixa rugosidade para evitar o desgaste prematuro do selo de vedação, conferindo, assim, durabilidade.
Silva, alerta: “No entanto, é necessário muito cuidado na hora da aplicação do amortecedor para não ocasionar qualquer dano à haste, pois se danificada compromete o selo e, consequentemente, a peça”.

Comentários