Oficina Brasil


Hyundai, Volkswagen e Ford apostam nos motores de três cilindros

A Hyundai puxou a fila com seu moderno motor de três cilindros, que apresenta números impressionantes de consumo. Depois veio a Volkswagen com o 1.0 de três cilindros no Fox Bluemotion

Compartilhe
Por Da Redação


Avaliação da Matéria

Agora as outras marcas instaladas no Brasil se apressam para também lançar novas motorizações que apresentem melhor eficiência energética. Algumas montadoras escondem a novidade a sete chaves, enquanto outras dão dicas do que o consumidor pode esperar para os próximos meses.

Um dos principais objetivos dos fabricantes de automóveis na atualidade é desenvolver motores que apresentem baixo consumo de combustível e reduzida emissão de poluentes, para atender às exigências do Programa de Incentivo à Inovação Tecnológica e Adensamento da Cadeia Produtiva de Veículos Automotores, intitulado Inovar-Auto. É uma tarefa difícil, que exige muita pesquisa e investimentos pesados. Uma tentativa para dar sobrevida aos motores a combustão, antes que outras opções assumam a posição.

TURBO: A Volkswagen, com seu motor 1.0 litro de três cilindros, inovou pelos detalhes de construção e aplicação de materiais mais leves, resultando em menor atrito e consequente melhor eficiência energética. Com 75cv (gasolina) e 82cv (etanol), o propulsor que equipa o Fox BlueMotion apresentou consumo médio de 11,5km/l com etanol e cerca de 13km/l com gasolina na cidade. Na estrada os números foram ainda melhores: 20km/l com gasolina e 16km/l com etanol. O mesmo propulsor vai equipar o up!, compacto com lançamento marcado para o início de março. Mas a VW não vai parar por aí, pois já está testando a versão turbo do motor três cilindros, que deve chegar aos 110cv, e ainda prepara um novo motor 1.6 16V mais eficiente.

MAIS POTENTE: A Ford não revela seus planos, mas sabe-se que a marca do oval azul também vai produzir um três cilindros em sua fábrica de motores em Camaçari. Apesar de não haver informação oficial, há quem aponte como certa a estreia desse novo propulsor no repaginado Ka, com lançamento previsto para agosto. A PSA Peugeot/Citroën também está investindo no três cilindros 1.0 12V, que teria potência máxima de 84cv com etanol. Não tem data prevista para chegar ao mercado, mas especula-se que será ainda este ano nos modelos Peugeot 208 e Citroën C3.

PACOTE: A Fiat também está correndo atrás da eficiência energética exigida pelo Inovar-Auto, que deu às montadoras até 2017 para se adequarem. Embora não divulgue oficialmente, a montadora de Betim desenvolve dois novos motores, sendo um 1.0 12V de três cilindros e outro 1.4 8V de quatro cilindros, além de promover melhorias nos propulsores E.torQ. De acordo com o site Autos Segredos, os três cilindros vai estrear ainda este ano, mas não há modelo definido, e terá desempenho superior ao do 1.4 EVO atual. Já o 1.4 8V será totalmente novo, mais potente e econômico que o atual 1.4 EVO. Só não tem data definida para chegar ao mercado.

COMPACTO: A Renault não esconde que está desenvolvendo um motor de três cilindros flex que será produzido no Brasil. Na Europa, a marca já tem esse propulsor, que equipa os modelos Captur e Clio. Aqui seria um 1.2 litro com potência variando de 100cv a 115cv, com bom torque em baixa rotação. Ele deve substituir o 1.6 litro e terá a missão de apresentar um consumo 12% menor. A Renault não confirma, mas há quem diga que esse motor três cilindros deve equipar um novo modelo compacto que vai ocupar o lugar do Clio em futuro próximo. É esperar para ver.

Comentários