Oficina Brasil


O ícone voltou: A Volkswagen apresenta o Polo GTS chega com motor turbo 1.4

O Polo GTS chegou, e caso você tenha 30 anos ou mais, com certeza se lembra dos Volkswagen Gol GTS e Passat GTS Pointer. A boa notícia é que a sigla retornou, agora no hatch premium

Compartilhe
Por Da Redação


Avaliação da Matéria

Faça a sua avaliação

A Volkswagen iniciou a venda do novo Polo GTS nas concessionárias de todo o Brasil, unindo tecnologia, inovação e tradição, o carro  retorna com uma nova referência em esportividade dentro do segmento.

A sigla GTS (Gran Turismo Sport) surgiu por volta dos anos 1980, no Passat. Um ano depois, a Volkswagen resolveu dar um sobrenome ao esportivo, passando a se chamar Passat GTS Pointer.

Logo em seguida, a montadora lançou o Gol GTS, produzido entre anos de 1987 a 1994. Ele chegou como uma “versão melhorada” da configuração GT.

Na parte traseira, assim como os faróis, as lanternas também são em led. Quanto ao design, há um alongamento no topo que, consequentemente, aumenta o aerofólio. Ele é “gravado” na tampa do porta-malas, da mesma maneira que em outros VW Polo.

VISUAL

Os diferenciais estéticos do VW Polo GTS estão na grade frontal do tipo colmeia e com detalhe em vermelho invadindo os faróis Full LED, nas rodas de 17″ com pneus de medidas 205/50, nas saias laterais, na dupla saída de escapamento, no spoiler traseiro e nas capas dos retrovisores pintadas de preto brilhante. Seis cores estão disponíveis, entre elas, a cinza Platinum (a mesma do conceito mostrado no Salão do Automóvel de São Paulo de 2018) e a exclusiva tonalidade azul Biscay.

Há o tradicional friso vermelho na grade, escape duplo e até um botão no console, que permite o motorista escolher o modo de condução, que ajusta volante, acelerador, caixa de marchas e até o som do motor.

Além das rodas maiores, e com desenho exclusivo, os GTS possuem um filete em vermelho ligando os faróis, que, por sinal, são full-LED, para-choque com visual exclusivo e detalhes em preto brilhante, grade do tipo colmeia com o logo GTS e rodas com novo desenho.

O interior tem bancos com maior apoio para o corpo e costuras vermelhas. Elas também estão presentes no volante e na alavanca de câmbio.

Para que a esportividade não fique apenas no visual, a Volkswagen também adotou acertos específicos de suspensão e condução. Ainda há o bloqueio de diferencial que, segundo a empresa, "diminui a necessidade de movimentação do volante por meio de intervenções seletivas nos freios das rodas".

O Polo GTS entrega a praticidade de um hatch compacto, mas com esportividade suficiente para divertir o proprietário.

MOTOR

O Polo GTS acelera de 0 a 100 km/h em 8,4 segundos. E sua velocidade máxima supera a marca dos 200 km/h: são 207 km/h. Isso graças ao consagrado conjunto mecânico que combina o motor 250 TSI (quatro cilindros e 1,4 litro de cilindrada), com potência de 150 cv (etanol ou gasolina) e 250 Nm (25,5 kgfm) de torque - também com etanol ou gasolina - ao câmbio automático de seis marchas AQ250 (o mesmo do Jetta, mas com acerto mais esportivo).

Este conjunto é o mesmo utilizado em modelos como Jetta e T-Cross, e nenhum ajuste específico foi realizado para as versões esportivas.

Informações Técnicas 

Motor: 1.4 16V, Turbo
Potência: 150 cv
Câmbio: Automático, 6 Marchas
Comprimento: 4,07m
Entre-eixos: 2,56m
Largura: 1.75m
Altura e Peso: 1.48m e 1.214Kg
Porta Malas: 300L

Comentários