Oficina Brasil


PSA Peugeot-Citroën, junto com Grupo SHC, oferece primeiro treinamento para reparadores

Objetivo foi evidenciar a aproximação das marcas francesas com as oficinas independentes, dar dicas de manutenção e oferecer catálogo on-line através de login fornecido após a palestra. Meta é dar treinamentos a cada dois meses

Compartilhe
Por Vinícius Montoia


Avaliação da Matéria

Faça a sua avaliação

O primeiro treinamento da PSA Peugeot Citroën em parceria com o grupo de concessionárias SHC (Sérgio Habib Company) foi realizado no dia 19 de maio na revenda Citroën, Clermont Ferrand, em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro. Esta é uma das seis concessionárias Citroën do Grupo no Rio de Janeiro e em março deste ano abriu duas com a bandeira Peugeot. O curso, que contou um pouco da história das duas marcas (Peugeot e Citroën), também apresentou os modelos da marca à venda no Brasil e muitas dicas para manutenção dos modelos, além de fornecer o acesso ao catálogo de peças da montadora através de cadastro feito após a palestra.

 Primeiro treinamento da parceria PSA-Grupo SHC aconteceu em Jacarepaguá, no Rio de JaneiroO evento contou com a participação de 40 reparadores da região e todos elogiaram a iniciativa da montadora e do grupo de concessionárias: “é bom entendermos de onde surgiu a marca e sua história para entendermos a concepção de seus carros. Quando algum cliente pergunta sobre determinado modelo da Citroën ou Peugeot, agora já poderei dizer com mais exatidão e, ainda, ser preciso no momento de fazer a manutenção”, afirma Lucio Julio Barbosa Guimarães, da oficina Two Brothers Auto Center. O reparador afirma que os profissionais do aftermarket só indicam os carros que eles sabem como mexer: “na indicação de um carro nós levamos em conta a facilidade de manutenção, entrega de peças e logística de distribuição. Então essa iniciativa do Grupo SHC em parceria com a PSA Peugeot Citroën é importante. A montadora deixar que nós tenhamos acesso a essas informações é muito interessante, até mesmo para o cliente final. E a disponibilidade do catálogo de peças é fundamental.”

Welcome coffee no intervalo do primeiro treinamento oferecido pelo Grupo PSAClaudio Lucas Ribeiro, da oficina Auto Cesar, diz que essas iniciativas são de extrema importância: “dada a grande dificuldade que temos hoje na obtenção de informações técnicas para os reparos, eventos como este são importantes para mudar a relação que as montadoras têm com as oficinas independentes.” E o profissional alerta para a rapidez com que deve ser feito o serviço, ressaltando a importância do acesso ao catálogo de peças: “a velocidade que nos é imposta para a realização da manutenção exige que os reparadores encontrem a peça certa o mais rápido possível. Quando nós conseguimos identificar a peça, agiliza a entrega do veículo para o cliente.”

 “Todas as concessionárias das marcas Peugeot e Citroën devem ter um técnico formado pela fábrica para auxiliar os reparadores independentes com suas dúvidas. O reparador precisa saber que vale a pena comprar uma peça genuína e que ele terá garantia sobre aquele produto”, afirma Marcio LimaO gerente regional de peças e serviços no Rio de Janeiro do grupo PSA Peugeot Citroën, Marcio Lima, alega que o grupo SHC já está há bastante tempo trabalhando com a Citroën e, recentemente, abriu duas concessionárias Peugeot na cidade maravilhosa. “O objetivo desse encontro é fazer uma aproximação com os reparadores do Rio de Janeiro, pois o Grupo PSA julgou necessário desmistificar que os produtos Peugeot e Citroën são difíceis de reparar e que as peças são caras”, afirma Lima. Sobre a importância dos reparadores, Lima disse: “o reparador tem de saber que vale a pena comprar uma peça genuína e que ele terá garantia sobre aquele produto. Hoje nós temos, nas concessionárias das marcas, a obrigatoriedade de ter um conselheiro expert técnico máster, que tem todo o conhecimento fornecido pela fábrica para tirar qualquer dúvida dos reparadores que nos procuram, que foi também o objetivo deste evento.”

“O Grupo SHC quer se aproximar dos nossos clientes, que são os reparadores independentes. Por isso, demos início aqui no Rio de Janeiro e pretendemos fazer por aqui a cada dois meses. Além disso, pretendemos estender a todos os estados onde temos grandes atacados de peças: São Paulo, Paraná, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Bahia e também Brasília”, comenta Marcos Delgado, diretor de peças e garantia do Grupo de Concessionárias SHC que abriu o evento.

 

Reparador Lucio Julio Barbosa Guimarães: “a disponibilidade do catálogo de peças on-line é fundamental”A diretora regional do Rio de Janeiro, Rita de Cássia Muniz, afirma: “nós queremos mostrar para as oficinas independentes que não as enxergamos como concorrentes, mas sim como bons clientes. Recebemos todos com welcome coffee, apresentamos o treinamento e este será apenas o primeiro. Temos que acertar as arestas e podemos crescer juntos.” Já o instrutor Levi Condutta fala sobre o que abordou no treinamento: “A Peugeot tem uma história de 205 anos e a Citroën de 95. Nós estamos produzindo carros no Brasil há 15 anos. Por isso essa história tão grande não pode ser ignorada e a transmito para os profissionais que estiveram aqui. A segunda parte eu falo sobre as peças, como elas são testadas, como instalá-las da maneira correta e como fazer o reparo, com dicas de manutenção e evidenciando alguns pontos comuns de falha. Isso serve para que o cliente dele fique satisfeito, tendo um veículo com peças originais na sua garagem.”

Comentários