Oficina Brasil


Elring comemora crescimento, novos produtos, evolução do mercado e expansão da fábrica

Após 5 anos da primeira entrevista ao Oficina Brasil Mala Direta, a empresa traz suas novidades e muito otimismo em mais uma exclusiva

Compartilhe
Por Da redação


Avaliação da Matéria

Faça a sua avaliação

Fernando Petrolino

Neste mês nosso bate-papo foi com Fernando Petrolino, General Manager da Elring, que se mostrou entusiasmado com a evolução da empresa desde a última vez em que nos concedeu entrevista, em 2014.

O presidente utilizou o espaço concedido pelo Oficina Brasil para falar sobre as principais novidades, lançamentos e contar sobre os recentes investimentos da Elring. Confira tudo isso e muito mais agora!

1 - Há pouco mais de 5 anos, na edição de junho de 2014, tivemos sua primeira entrevista como diretor-presidente da ElringKlinger. Conte-nos um pouco sobre as mudanças que ocorreram na empresa, e na sua carreira, neste período?

Como o tempo passa, já se foram 5 anos! Neste período, na ElringKlinger houve uma grande mudança na gestão da empresa, focada em buscar objetivos comuns ao nosso negócio, clientes  e colaboradores, buscando sempre o crescimento sustentável da empresa. Nesses anos, houve ainda o grande fortalecimento da operação de Aftermarket.

2 - A ElringKlinger atua tanto no mercado original (montadoras) quanto no mercado de reposição (Aftermarket), como foram esses 5 anos para cada um dos segmentos?

Como todos sabemos,  os 2 primeiros anos (2010 – 2011) foram de estagnação nos negócios do mercado original, não houve queda significativa nem crescimento. Porém, nos anos seguintes, mantivemos nosso investimento, criamos novos produtos e linhas produção, o que suportou um crescimento maior se comparado ao mercado em si.  

No mesmo período, o mercado de reposição nos trouxe um crescimento de dois dígitos, o que nos fez redesenhar nosso modelo de atuação. Cada vez mais, o mercado exige boa entrega, bons preços e o compartilhamento de nossa tecnologia – que fazemos por meio de visitas técnicas e treinamentos para mecânicos e retíficas. 

3 - No caso das vendas para o mercado original, quais as perspectivas futuras para a linha leve e para a linha pesada?

São ótimas.  Com a linha leve, apesar da redução da exportação, estamos mantendo um ótimo volume. A linha pesada continua o crescimento forte em busca dos grandes volumes que tivemos no passado.

4 - Sabemos que o mercado de reposição é à prova de crises. Como a ElringKlinger tem atuado no aftermarket?

O mercado de reposição sempre nos ajuda quando há uma crise no mercado original.  A Elring está seguindo um planejamento fechado há dois anos. Temos remodelado nossa forma de atuação tanto na logística interna e externa, tratativas com clientes, fortalecimento da equipe de vendas e da equipe  técnica, que também está frente a frente com nosso cliente.

O uso da tecnologia como business intelligence, análises de frota e outros dados, além de ferramentas que usamos a nosso favor.

General Manager da Elring

5 - Vivemos uma proliferação de marcas e modelos nunca vista na nossa frota circulante, e a tendência é que os motores apresentem, dentre outras características, cada vez mais compressão e temperatura, o que exige mais dos componentes de vedação como juntas e retentores. Como a ElringKlinger tem participado nestes desenvolvimentos tecnológicos?

Cada vez mais a alta tecnologia se faz presente nos novos motores e carros, principalmente na redução de emissões e ganho de economia.

Temos investido forte neste quesito, tanto em produtos como em processos. Um bom exemplo é a Junta de Cabeçote de um de nossos cliente  que é composta somente por uma lâmina de apenas 0,12 milímetros de espessura com um stopper soldado a laser, de aço inox de alta qualidade. Ou seja, cada vez mais o produto e o processo são decisivos na qualidade e durabilidade do produto.

6 - Em novembro do ano passado foi anunciado um grande investimento na unidade fabril de Piracicaba, em que consiste este investimento?

A ElringKlinger fez um grande investimentos em uma nova unidade módulos plásticos de engenharia que consiste na construção de uma nova planta de 5.000 m2 de fábrica, 1.000m2 de escritórios com um auditório com 120 lugares, com motores e bancadas para treinamento. Esta planta foi construída olhando para todos os aspectos “verdes” que uma fábrica pode ter, desde iluminação em led, Iluminação e ventilação natural, cisternas para coleta e reuso da agua de chuva entre outras práticas. 

7 - Foi implementada uma nova linha de injeção e montagem de Cam Covers (Tampas de Comando de Válvulas com Separação de Óleo) com capacidade de 500.000 conjuntos ano, que será fornecido a um de nossos clientes para o novo motor. O investimento em módulos plásticos de engenharia parece, à primeira vista, um pouco diferente do core business que conhecemos da ElringKlinger que são os sistemas de vedação. Onde estão as sinergias e por que o Brasil foi escolhido para receber este investimento?

A ElringKlinger é muito conhecida pelos sistemas de vedação, e atualmente fornecemos para todas as montadoras sediadas no Brasil defletores de calor em Alumínio, Aço Aluminizado e Aço Inox, além das Juntas Especiais e Juntas de Cabeçote, todos os tipos de vedação e módulos de plásticos de engenharia para dois  aqui no Brasil e mundialmente para todas as montadoras desde tampas de válvulas, Cárter Plástico, suportes de motores, coletores de admissão Plástico, Cross Car Beams,  entre outros. Foi natural este caminho. 

8 - Qual o impacto deste investimento para os negócios da ElringKlinger no Aftermarket? São produtos para novas plataformas de veículos ou plataformas que já estão entrando em manutenção?

Este investimento inicialmente é totalmente voltado a novas plataformas, novos motores e novos produtos para o mercado original, porém esta nova planta foi planejada para absorver novos investimentos, ou seja, com um bom espaço físico. Este novo motor será de alto volume de produção e em um futuro não muito distante irá gerar oportunidades para o mercado aftermarket.

9 - Ainda sobre o aspecto da tecnologia, recentemente a Andap/Sicap, a Cinau e o Senai-SP realizaram uma mesa redonda sobre eletrificação veicular e seus impactos no mercado de reposição. Como a ElringKlinger enxerga a mudança tecnológica, dos motores de combustão interna, passando pelos híbridos até chegarmos aos 100% elétricos?

O grupo ElringKlinger atua há mais de 20 anos no desenvolvimento de produtos para veículos híbridos e elétricos.  Iniciamos nossas atividades com Células de Contato para Baterias e hoje temos desenvolvido: Módulos de Baterias, Células de Combustível e Unidade Elétrica de Acionamento (Eletric Drive Unit) com  sistema de gerenciamento hofer powertrain.

10 - Podemos esperar a ElringKlinger como fornecedora de destaque também neste novo desenho da frota? Em quais produtos?

Sim, a  ElringKlinger tem em seu portfólio de produtos desde módulos de baterias para carros elétricos e híbridos, células de combustível, unidade elétrica de acionamento, inversores, e toda a linha de produto de baixo peso como: Cross Car Beams, Módulos de Porta, Isoladores Acústicos, que são fundamentais para esta nova geração de propulsores. 

General Manager da Elring

11 - A ElringKlinger é uma das apoiadoras mais longevas do Programa Rota do Reparador do Sindirepa Nacional e já realizou palestras em mais de 70 cidades em todas as regiões do país. Qual a importância do reparador independente na estratégia da empresa?

O reparador independente é o responsável pela “saúde do carro”, nossa função e responsabilidade primordial é transmitir conhecimento adquirido junto às principais montadores de veículos do mundo para o mercado de reposição. A parceria com o Programa do Reparador do Sindirepa Nacional nos auxilia na disseminação desse conhecimento.

Posso citar  que no ano passado (2018) os técnicos da Elring  percorreram somente no território nacional o equivalente em quilômetros a duas voltas no globo terrestre.

12 - Use este espaço para deixar um recado para o nosso leitor.

A Elring possuem uma plataforma de treinamento à distância chamado “ELRING ACADEMY” - essa plataforma tem como função auxiliar os mecânicos com treinamentos práticos, vídeos e muitas dicas de aplicações dos produtos Elring.  Após a conclusão dos módulo,  o participante recebe um certificado emitido pela nossa matriz na Alemanha.

O nosso SAC 0800 7740 7464 é composto por engenheiros especializados em solucionar possíveis dúvidas e auxiliar os mecânicos com as aplicações dos nossos produtos. Faça uma visita ao nosso site ou entre em contato com o nosso 0800.  

Comentários