Range Rover Classic, o utilitário que teve o privilégio de criar um novo segmento, de SUVs de luxo

O nobre fora de estrada inglês saiu do asfalto e encarou a mais temidas trilhas do off road com maestria e alto luxo por 26 anos

Versailles Ghia 2.0 quatro portas - o modelo injetava luxo e sofisticação na Ford da era Autolatina

Para substituir o combalido Del Rey, a Ford usou o Santana para criar o Versailles Ghia, seu modelo de luxo que durou apenas cinco anos

Chevrolet Kadett GS, o esportivo nato que a General Motors trouxe para o começo de uma nova década

Aerodinâmico, visual próprio e recheado de itens conforto e tecnologia, o Kadett GS impôs um novo padrão de veículo esportivo  

Corcel II, o cavalo de raça da Ford que disputou com maestria vários páreos no segmento dos médios

A segunda geração do Corcel trouxe linhas mais modernas, mais conforto e um motor a álcool de funcionamento impecável

Clássicos do Brasil 2016: São Paulo comemora seus 462 anos com uma bela mostra de veículos nacionais

Durante três dias o Clube Hípico de Santo Amaro realizou uma grande exposição com os melhores carros nacionais que marcaram época no Brasil

Tempra 16V: a Fiat quis mostrar que sabia fazer carros grandes e de estilo, além de velozes

Com Tempra a Fiat pôde concorrer no acirrado segmento dos carros médios, entre os atributos o desenho moderno e motor de 16 válvulas

Chevrolet Opala Diplomata, a pedra preciosa mais lapidada

Família Opala fez brilhar o nome Chevrolet nos anos 1980 e 1990. O Diplomata foi o ponto alto da linha Opala. Amplo, conforto e disposição do motor de seis cilindros conferiam status ao modelo

Ford Escort XR3, o esportivo que trouxe o nome do oval azul novamente aos holofotes

O Ford Escort em sua versão esportiva XR3 foi sonho de consumo de uma juventude durante duas décadas e até hoje atrai uma legião de fãs

Monza S/R, o puro sangue da família Monza que aliava esportividade e conforto aos seus passageiros

De perfil invocado, motor mais potente, suspensão mais reforçada o Monza S/R entrava pra valer na briga dos esportivos, mas sem deixar de lado a elegância que o consagrou junto aos seus admiradores 

Picape Ford F-75, um desbravador dos mais difíceis e árduos caminhos brasileiros

A F-75 nasceu como picape Willys e tinha como características ser ágil como um carro de passeio e valente como um Jeep, trabalhou com maestria por mais de 20 anos

Chevrolet Astra GLS, um belga naturalizado brasileiro que chegou disposto a enfrentar os alemães e italianos

Sucesso na Europa, a Chevrolet do Brasil trouxe um dos seus maiores trunfos no segmento de médios, mas foi pega de surpresa com a elevação do IPI

VW TL 4P, as portas da esperança para conseguir uma fatia no disputado segmento de médios

Lançado na mesma ocasião da adoção da nova dianteira, a versão de 4 portas do TL foi a segunda tentativa da VW em produzir um modelo nessa configuração

Volkswagen TL, sopro de estilo e elegância para concorrer no disputado segmento de médios

Baseado na plataforma da Variant e substituto do malfadado “Zé do Caixão” o TL trouxe estilo e personalidade, além de espaço para bagagem

DKW-Candango, o destemido desbravador dos rincões brasileiros

Em um tempo que as estradas asfaltadas eram um luxo, a Vemag lançou um pequeno utilitário batizado de Candango que enfrentava com garra os lugares mais difíceis desse Brasil

Polara: a mudança de nome que deu um sopro de vida ao pequeno Dodge no segmento de médios

Ele nasceu como Dodge 1800, mas problemas de qualidade afetaram o início de sua trajetória. Foi, então, rebatizado de Polara, em uma tentativa de melhorar sua imagem

Símbolo de status e classe, o Aero-Willys foi um dos carros mais caros e sofisticados nos anos 60

O Aero-Willys nasceu junto com a indústria automotiva tupiniquim e representou com elegância os primórdios dessa fase. Começou sendo um Willys, acabou sendo um Ford

MP Lafer, réplica brasileira do MG inglês dos anos 50 que ganhou fama internacional

Inspirado no MG TD de 1950, o MP Lafer foi a primeira réplica feita no Brasil. Usando mecânica Volkswagen, o modelo chegou a ser exportado

Monza Classic SE: Ícone em sofisticação e luxo na década de oitenta

A versão Classic trouxe requinte e status à linha Monza, modelo médio mais vendido entre os anos de 1984 a 1986, que além do conforto, trazia soluções tecnológicas inovadoras para a época

Puma, o felino brasileiro que conquistou as pistas e as ruas do Brasil e do mundo

Nascido nas pistas, o Puma logo se tornou um sucesso por conta do seu belo desenho e da mecânica simples, primeiro DKW, depois Volkswagen a ar. Nesta última, havia até a possibilidade de escolher componentes a fim de melhorar o desempenho

Com o modelo 1800 a Dodge quis mostrar que sabia fazer carros menores

Com o Dodge 1800 a Chrysler quis a abocanhar uma fatia do segmento de carros médios, mas problemas de qualidade afetaram a imagem do modelo em seus primeiros anos