Oficina Brasil


Voyage iMotion dando trancos ao sair

Saiba como foi solucionado o defeito do modelo da Volkswagen

Compartilhe
Por Da redação


Avaliação da Matéria

Defeito: O veículo modelo Voyage equipado com câmbio tipo iMotion chegou à oficina por indicação após passar por outra oficina, em que, segundo a dona, foi realizada manutenção para sanar um vazamento, na qual o reparador necessitou remover o câmbio.

Após esse procedimento o veículo engatava as marchas normalmente, mas ao sair com o carro ele dava alguns trancos na arrancada.

Diagnóstico: Ao iniciar o diagnóstico utilizando o scanner para acessar o módulo do veículo, não foi constatado qualquer código de falhas. Prosseguindo realizou a medição de desgaste e folga da embreagem, realizou o procedimento de aprendizado do ponto de acoplamento da embreagem.

Com o defeito ainda persistindo, verificou o nível de fluido do robô do câmbio, em seguida constatou que o câmbio não estava fazendo o barulho característico dos carros com câmbio automatizado. Foi então que decidiu recorrer a seus colegas do Fórum de Reparadores.

Um colega de profissão informou já ter pego um problema parecido em um Fiat Idea equipado com câmbio Dualogic, após a troca da embreagem o carro se tornara agressivo nas arrancadas, dando muitos trancos ao sair. O colega reparador também relata que para resolver o problema teve de reprogramar o módulo diversas vezes, com quatro scanners diferentes, e apenas um atendeu sua necessidade e resolveu seu problema.

O reparador, retornando ao veículo, decidiu então remover o câmbio e verificar todo o sistema, realizando a troca do cilindro com o sensor atuador, mas o problema ainda persistiu. Ao conversar com um outro colega, o mesmo também relatou ter pego um problema parecido e que teve de realizar a reprogramação do módulo do câmbio.

Seguindo a dica de seus colegas reparadores, decidiu realizar a reprogramação do módulo, também testando diversos modelos de scanners, mas sem sucesso na resolução do problema.

Solução: Após quebrar muito a cabeça, e desconfiado do kit de transmissão instalado, decidiu remover novamente o câmbio completo. Realizou a comparação do kit instalado com o kit original, ambos da mesma marca, e notou que apesar de serem do mesmo fabricante, possuem algumas características diferentes.

Foi apenas quando realizou a troca do kit de transmissão pelo original que usou para comparar e efetuou todo o procedimento de aprendizado novamente, que o veículo normalizou e voltou a seu funcionamento normal, engatando marchas normalmente e arrancando suavemente sem dar solavancos.

Comentários