Oficina Brasil


Fiesta 1.6 com problema no sistema de arrefecimento

Saiba como foi solucionado o defeito do modelo da Ford

Compartilhe
Por Da redação


Avaliação da Matéria

Defeito: Este modelo da Ford chegou à oficina para retificar o motor, substituir a junta do cabeçote, parafusos de fixação e válvula termostática. Mas a principal questão deste carro é aquecer mais que o esperado, chegando quase a ferver. Mesmo com a ventoinha trabalhando na segunda velocidade, a temperatura não diminui. Já foi verificado o ar quente e também retirado o redutor da manga para checagem, porém, nada incomum foi detectado.  

Diagnóstico: O reparador desconfiou da bomba d´água não estar trabalhando corretamente, portanto, fez a substituição da mesma como teste. Mas mesmo assim, não era esse componente com defeito. 

Um colaborador do Fórum comentou que já pegou um defeito desses, e o problema estava na resistência do eletroventilador, estava queimada. Também orientou de como verificar os parâmetros dos atuadores via scanner, observando se realmente os dois estágios das ventoinhas estavam acionando. 

Outro companheiro de profissão fez algumas perguntas chaves para o reparador verificar, como: “A água do radiador está circulando perfeitamente? A mangueira de baixo do radiador está esquentando?”. 

Houve um comentário bem interessante no tópico: um colega reparador comentou para ele prestar atenção na medida do cabeçote, pois este componente da linha Flex Zetec possui uma tolerância de plana baixa, ou seja, qualquer retífica realizada ficará na medida fora do padrão, portanto, pode gerar superaquecimento.  

Alguns reparadores já pegaram em suas oficinas este modelo do Fiesta com problema de obstrução do fluxo na tubulação do ar quente e com a conexão de água do bloco do motor com defeito. Como se trata de um componente em alumínio costuma-se deteriorar com o tempo e diminuindo o fluxo de água. Sempre bom verificar.  

Solução: Após seis dias com o carro na oficina o problema foi solucionado. 

Com essas ótimas dicas dadas por todos os colaboradores do Fórum, o reparador desmontou toda a parte de arrefecimento e constatou que o radiador era novo, porém, incorreto para este veículo, se tratava de um radiador para o Fiesta que não possui ar- condicionado, o modelo em oficina possuía este item de série. 

Depois de realizar a troca pelo modelo certo e completar o fluido do radiador, percebeu que a ventoinha estava acionando em momentos aleatórios. Decidiu então substituir também a resistência que fica no eletroventilador, sendo assim, o problema foi resolvido por completo e entregue ao cliente.  

Comentários