Oficina Brasil


Fiat Siena cortando alimentação da bobina

O veículo ano 2004 deu entrada à oficina funcionando normalmente, mas após um tempo funcionando, o veículo apagava e não funcionava mais.

Compartilhe
Por Da Redação


Avaliação da Matéria

Faça a sua avaliação

O reparador relatou que ao tentar novamente ligar o carro novamente, notou que o painel de instrumentos não marcava mais a temperatura do motor.

Diagnóstico:

Ao iniciar o diagnóstico, o reparador verificou o chicote dos componentes periféricos do motor, mas não encontrou nada que justificasse o apagão repentino.

Em seguida conectou o scanner ao sistema do veículo para verificar falhas e constatou que havia um código de falha referente ao corpo de borboleta do acelerador, mas ao verificar o componente não constatou qualquer anomalia.

Decidiu então verificar o restante do chicote do veículo que ficava na parte do cofre do motor, foi assim que notou que ao apresentar a falha, o veículo perdia a alimentação positiva da bobina de ignição.

Sem saber como proceder no caso, lembrou que seus colegas do Fórum de Reparadores poderiam lhe ajudar com essa falha e decidiu relatar a eles a situação com que se deparara.

Ao explicar sobre a falha e os procedimentos adotados, o reparador também relatou que ao desligar a chave de ignição e religá-la, o veículo voltava a funcionar normalmente, mas ao rodar por um período tornava a apresentar a falha e apagar subitamente.

Após ler o relato do reparador, um companheiro de Fórum recomendou que fosse verificado o comutador de ignição, ao mesmo tempo um segundo colega de profissão recomendou que fosse verificada a caixa de fusíveis do veículo.

Ainda no Fórum, um terceiro reparador indicou que poderia ser uma falha ocasionada pelo sistema de alarme, rastreador ou similares, enquanto um outro companheiro complementou o comentário do seu colega relatando que por estar acusando falha no corpo de borboleta do acelerador poderia estar ocorrendo um curto-circuito na linha de 5V da TBI.

Solução:

Após escrever o relato no Fórum, o reparador não mais voltou ao Fórum para descrever os passos e procedimentos que estava adotando. Entretanto, alguns dias depois tornou a voltar ao tópico que escreveu para dar-lhe uma conclusão.
O reparador relatou aos seus companheiros de profissão que, após muita luta em localizar a falha no veículo, enquanto seguia as dicas dos seus colegas, descobriu um curto-circuito na caixa de fusível e que após reparar o curto a falha não voltou a acontecer, sendo o veículo liberado para o proprietário.

 

Comentários