Oficina Brasil


Amarok 2013 apresentando falha P-0087

Saiba como foi solucionado o defeito do modelo da Volkswagen

Compartilhe
Por Da redação


Avaliação da Matéria

Defeito: Esta caminhonete diesel da Volkswagen deu entrada à oficina apresentando luz de injeção acesa no painel e falhando em algumas reduções de marchas, como se estivesse “engasgando” quando se exige mais força do motor.  

Diagnóstico: No scanner a falha registrada foi de: P-0087 baixa pressão da bomba de baixa. 

Foi feita a substituição da bomba de baixa, pois a anterior estava caindo para 2,8 bares. E também a troca da bomba de alta, porque estava com uma aparência precária e corroída. O reparador também realizou a limpeza dos bicos injetores.  

Diante disso, o reparador decidiu abrir seu Aplicativo Fórum e pesquisar alguns tópicos relacionados com o caso, mas no final também preferiu abrir um tópico sobre a caminhonete e pedir dicas de diagnóstico.  

Um reparador experiente da manutenção deste veículo diesel informou para prestar muita atenção no tucho de acionamento da bomba de alta, pois, costuma haver desgastes e não aciona a haste da bomba corretamente. Mesmo sendo um componente novo. 

O reparador responsável pelo caso informou que as peças são todas originais e todos os filtros também foram trocados. Complementou a informação dizendo que a falha só aparece em retomadas, mas não é sempre.  

Outro colaborador do Fórum informou que já pegou este defeito e sugeriu a verificação da vazão da linha de baixa, e se as peças novas estão instaladas corretamente. Informou que a falha de retomada é característica de volume no retorno dos injetores. O número da peça dos injetores tem de ser 03L 130 277 Q. Se forem no final J podem ser modelos incorretos. Ele já pegou três caminhonetes assim e o volume de retorno se alterava, gerando uma rápida e brusca queda na pressão do sensor RAIL.  

Também sugeriu a verificação das pressões pelo equipamento de diagnóstico, porém, com o carro em movimento para monitorar quais valores de retorno os injetores estavam apresentando em rotações baixas. 

Solução: Ao iniciar todos os testes sugeridos pelos seus colegas, ele pegou alguns componentes emprestados como bomba de alta, flauta completa e outros bicos injetores. Dessa forma, foi substituindo as peças uma de cada vez e realizando os testes em movimento.  

Após a troca dos bicos, o defeito não ocorreu mais. Portanto, problema resolvido e cliente satisfeito pelo belo serviço realizado. 

Comentários